MotoGP_Marquez_2_10_11

MotoGP™: Márquez é o CAMPEÃO

Soberbo, espetacular, eletrizante e emocionante! Somando-se o significado de todas estas palavras não conseguiremos definir o majestoso espetáculo proporcionado pela última corrida do Mundial de MotoGP quando Marc Márquez terminou o GP Generali da Comunidade Valenciana em terceiro para se tornar no mais jovem campeão do mundo de MotoGP™ de todos os tempos, isso na temporada de estreia. O piloto da Repsol Honda Team, que largou da pole, dividiu o pódio com o colega de equipe Dani Pedrosa enquanto a vitória foi para Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing.

Márquez torna-se o campeão mais jovem campeão mundial de MotoGP em 2013

Márquez torna-se o campeão mais jovem campeão mundial de MotoGP em 2013

Graças a uma temporada de estreia absolutamente fantástica, o catalão de 20 anos também se tornou no primeiro estreante a conquistar o título em 35 anos. A estreia de Marc Márquez no Campeonato do Mundo em 2008 foi desde logo boa mostra do seu talento ao terminar no pódio na primeira temporada da competição em Donington Park, se bem que a temporada foi encurtada devido a uma lesão.

Em 2009 conquistou um único pódio a caminho da oitava colocação na geral, antes de mostrar todo o seu talento em 2010 com incríveis dez vitórias a partir de 12 pole positions, a caminho da conquista do Campeonato do Mundo de 125cc. Uma das mais notáveis atuações foi a recuperação de último da grelha para a vitória no GP de Estoril.

Lorenzo bem que tentou, venceu, mas não levou o título de 2013

Lorenzo bem que tentou, venceu, mas não levou o título de 2013

Passando para a Moto2™ em 2011, o jovem começou mal, com queda nas duas primeiras corridas. Contudo, a primeira vitória na quarta corrida em Le Mans foi o ponto de partida para mais seis vitórias que o levaram a lutar com Stefan Bradl pelo título, até sofrer queda no GP da Malásia e terminar a temporada mais cedo. Problemas com a visão, resultados do acidente, reduziram a pré-temporada de Márquez, mas apresentou-se com bom ritmo no último teste de Jerez, tornando-se de imediato o favorito ao título.

Márquez não desapontou em 2012, vencendo logo na primeira corrida de Moto2™ no Qatar e deixando claras as intenções com algumas ultrapassagens duras e controversas na corrida. A primeira desistência por queda surgiu na corrida molhada de Le Mans, o que deu esperanças aos rivais, com o compatriota Pol Espargaró oferecendo muita luta; contudo, após o toque entre ambos na corrida caseira da Catalunha – em que Espargaró caiu e desistiu e Márquez somou importantes pontos – a luta pelo título ficou mais favorável ao que se haveria de sagrar Campeão do Mundo. Um total de nove vitórias – incluindo batalhas em que recuperou ao longo de todo o grid no Japão e Valência – e 14 pódios acabaram por levar o espanhol ao primeiro título de Campeão do Mundo de Moto2™ antes de passar para a categoria rainha no MotoGP™ com a Repsol Honda Team em 2013.

Em 2013 Márquez passou a fazer dupla com o vice-Campeão de MotoGP do ano anterior, Dani Pedrosa. Um impressionante início de campanha viu-o lutar de igual para igual com o múltiplo Campeão do Mundo Valentino Rossi, acabando por perder para o italiano. Apesar disso, o pódio de Márquez em Losail acabou sendo o primeiro de impressionantes 16 nas 18 corridas da temporada; as duas únicas vezes em que ficou fora dos três primeiros foi quando caiu nos momentos finais da prova de Mugello e quando foi desclassificado por ter perdido a janela para a troca obrigatória de moto em Phillip Island.

No primeiro Grande Prêmio das Américas, em Austin, Texas, assinalou a primeira vitória na categoria rainha vindo da pole naquele que foi apenas o seu segundo evento da campanha. Com isso bateu os recordes de Freddie Spencer de mais jovem piloto de todos os tempos na pole e mais jovem vencedor de todos os tempos na MotoGP™.

Em Jerez Márquez fez os arriscou-se ao colidir com o Campeão do Mundo Jorge Lorenzo para obter o segundo posto na última curva e depois fez memorável ultrapassagem em Rossi, por fora, na famosa Saca-rolhas de Laguna Seca. Em Silverstone perdeu para Lorenzo na última volta e após uma batalha que vai ficar na história do MotoGP™ com a dupla terminando com apenas 0,081s de diferença. Eles voltaram a tocar-se em Sepang, com Márquez levando a melhor no embate pelo segundo posto para dilatar a vantagem no Campeonato depois de ter recuperado a primeira posição da geral em Julho, no GP da Alemanha, após as fortes quedas de Lorenzo e Pedrosa.

Em Sachsenring e Indianápolis o jovem de 20 anos fez a pole position, melhor volta e vitória. Ele conquistou o título em Valência a 10 de novembro, substituindo Spencer como o mais jovem Campeão do Mundo da história da categoria rainha ao terminar em terceiro, atrás de Jorge Lorenzo e do colega de equipe Dani Pedrosa, após emocionante batalha no início da corrida com o Campeão de 2012. Márquez tornou-se assim o primeiro estreante a conquistar o título desde que Kenny Roberts ganhou o seu primeiro campeonato em 1978. Ao fazê-lo também se tornou no 26º Campeão do Mundo da categoria rainha numa lista que remonta a 1949. Ele é o terceiro espanhol a conquistar o título, depois de Alex Crivillé (1999) e Jorge Lorenzo (2010 e 2012), e venceu os campeonatos das três categorias em apenas quatro anos.

Alguns fatos sobre Marc Márquez:  Aos 20 anos e 266 dias de idade Márquez é o mais jovem piloto de todos os tempos a vencer o Campeonato do Mundo da categoria rainha, batendo o recorde de Freddi Spencer que tinha 21 anos e 258 dias de idade quando se sagrou Campeão das 500cc em 1983, também pilotando uma Honda. Márquez é apenas o quarto piloto em 65 anos de história dos Grandes Prêmios a vencer títulos em três categorias diferentes, ao lado de Mike Hailwood, Phil Read e Valentino Rossi. Márquez terminou entre os três primeiros por 16 vezes em 2013 – o maior número de pódios por parte de um estreante da categoria rainha. Ele qualificou-se na pole por nove vezes em 2013 – o maior número de poles de todos os tempos por parte de um estreante da categoria rainha. O seu total de pontos de 334 é o maior de todos os tempos por parte de um estreante da categoria rainha.

Biografia:
Data de nascimento: 17 de Fevereiro de 1993
Local de nascimento: Cervera, Espanha
1º Grande Prêmio: Qatar 2008, 125
1ª Pole position: França 2009, 125
1º Pódio: Grã Bretanha 2008, 125
1ª Vitória em GP: Itália 2010, 125
Grandes Prêmios: 96
Vitórias em Grandes Prêmios: 32
Pódios: 55
Pole positions: 37
Voltas mais rápidas: 27
Campeonatos do Mundo: 125 (2010), Moto2™ (2012), MotoGP™ (2013)

Carreira na MotoGP™:
2008: Campeonato do Mundo de 125cc – 13º numa KTM, 13 provas, 63 pontos
2009: Campeonato do Mundo de 125cc – 8º numa KTM, 16 provas, 94 pontos
2010: Campeonato do Mundo de 125cc – CAMPEÃO MUNDIAL com uma Derbi, 17 provas, 310 pontos
2011: Campeonato do Mundo de Moto2™ – 2º numa Suter, 13 provas, 251 pontos
2012: Campeonato do Mundo de Moto2™ – CAMPEÃO MUNDIAL com uma Suter, 17 provas, 324 pontos
2013: Campeonato do Mundo de MotoGP™ – CAMPEÃO MUNDIAL com uma Honda, 18 provas, 334 points