Os pretendentes a disputar a Moto2 e Moto3 em 2014 superam em muito os lugares disponíveis no grid

MotoGP™: notícias do padock – 19/9

37 EQUIPES E 65 PILOTOS NA MOTO2™ e MOTO3™ em 2014

Os pretendentes a disputar a Moto2 e Moto3 em 2014 superam em muito os lugares disponíveis no grid

Os pretendentes a disputar a Moto2 e Moto3 em 2014 superam em muito os lugares disponíveis no grid

As equipes que pretendem inscrever-se nos Campeonatos do Mundo de Moto2™ e Moto3™ em 2014 apresentaram os seus formulários no primeiro dia do Grande Prêmio Aperol de São Marino e Riviera di Rimini, na sexta-feira 13 de Setembro.

Como é tradicional nestas categorias, o número de inscrições excedeu em muito o número de lugares disponíveis no grid. Durante o GP Aperol de São Marino e Riviera di Rimini todas as inscrições foram recebidas pelo Comite de Seleção, composto por delegados da IRTA e da Dorna. Foram apresentadas ofertas provisórias de participação a:20 equipes da classe de Moto2™, com um total de 33 pilotos e 17 equipes da classe de Moto3™, com um total de 32 pilotos.

As equipas provisoriamente aceitas têm agora até sexta-feira 11 de outubro, primeiro dia do Shell Advance Grande Prêmio da Malásia, para efetuarem o depósito de segurança para garantirem a sua participação e reconfirmarem os detalhes dos pilotos propostos. Depois disso haverá nova reunião de seleção no Circuito Internacional de Sepang, onde as inscrições poderão ser revistas e onde se procederá à consideração dos pilotos propostos; mais detalhes sobre as participações de 2014 serão conhecidas após essa reunião.

YAMAHA COMPLETA TESTE DE UM DIA EM MISANO

Valentino Rossi no teste da Yamaha Factory Racing em Misano

Valentino Rossi no teste da Yamaha Factory Racing em Misano

Logo após a impressionante vitória de domingo de Jorge Lorenzo no Grande Prêmio de São Marino, a Yamaha Factory Racing Team voltou imediatamente ao trabalho na manhã de segunda-feira.

Jorge Lorenzo e o colega de equipa Valentino Rossi passaram o dia avaliando a especificação de 2014 do motor YZR-M1, e as  várias opções de afinação da atual moto antes do Grande Prémio de Aragão da próxima semana. O teste revelou-se positivo, com os pilotos completando, ambos, um total de 142 voltas. No final da sessão, Lorenzo ocupou o segundo posto nas tabelas de tempos com 1m33,502s e Rossi não ficou muito longe, em terceiro com 1m33,660s.

Massimo Meregalli, Director Esportivo da Yamaha Factory Racing: “Felizmente, o tempo permitiu-nos fazer um bom trabalho hoje em Misano. O principal objetivo que tínhamos era testar o motor protótipo de 2014 e procurar toda a informação que os engenheiros japoneses precisavam e não tivemos problemas; também nos concentramos em algumas afinações já pensandono Motorland, incluindo um disco freio maior. Agora pretendemos chegar a Aragão e continuar lutando pelo campeonato.”

DETALHES SOBRE O CIRCUITO DE ARAGÓN

Uma instalação ultra-moderna, o MotorLand Aragón tem as suas raízes fortemente estabelecidas graças a sólida história de corridas no autódromo de Alcañiz, que recebeu eventos de 1963 a 2003. Reinvindicações de segurança contra a continuação da realização de provas em Alcañiz,  levaram à proposta e construção de um complexo esportivo dedicado ao esporte motorizado.

Com o apoio de instituições locais, o reconhecido arquitecto alemão Hermann Tilke foi o responsável pelo desenho das instalações. O circuito, que conta com 5,077 km de cumprimento e 17 curvas, foi muito elogiado pelos pilotos após a primeira corrida em 2010 e foi agraciado com o título de “Melhor Grande Prêmio” IRTA, a primeira vez que um circuito conquista o tão cobiçado troféu no ano de estréia no calendário de MotoGP™.