Autódromo Termas de Rio Hondo, Argentina

MotoGP™: Dorna aprova o novo autódromo argentino

A Dorna Sports acaba de anunciar que o MotoGP™ vai regressar oficialmente à Argentina a partir da próxima temporada, no novíssimo circuito Termas de Rio Hondo, onde foi realizado na última semana testes da MotoGP™ e Moto2™.

Autódromo Termas de Rio Hondo, Argentina

Autódromo Termas de Rio Hondo, Argentina

Carl Crutcholw ficou positivamente impressionado com a nova pista argentina

Carl Crutcholw ficou positivamente impressionado com a nova pista argentina

Autoridades do governo argentino reuniram-se com o Diretor de Eventos da Dorna, Javier Alonso, para assinatura do contrato que torna possível o regresso da categoria rainha do motociclismo à Argentina pela primeira vez depois de 1999 e por um período de três anos consecutivos. O Ministro de Turismo Nacional argentino Enrique Meyer comentou: “É uma grande honra receber este campeonato na Argentina, além de outros grandes eventos esportivos que têm lugar no nosso país, como o Rally Dakar. Esperamos que o público argentino possa desfrutar da categoria rainha do motociclismo, que já não vem ao nosso país desde 1999, e vamos fazer o nosso melhor para garantir que o MotoGP fique entre nós durante muito tempo.”

Durante a visita de hoje à pista, Meyer foi acompanhado pelo Governador da Província de Santiago del Estero, Gerardo Zamora, e pelo Secretário Executivo do Instituto Nacional de Turismo, Leonardo Boto, franca demonstração de que o governo argentino está comprometido com a realização de eventos esportivos como forma de incremento ao turismo. Juntos, deram uma volta pelas instalações do circuito e cumprimentaram os pilotos de ambas as categorias.

Meyer acrescentou: “Devido às curvas de elevada velocidade nas quais os competidores testam as suas capacidades, o circuito foi aprovado pelos pilotos que fizeram o teste,. Estamos muito animados por recebermos este evento (o teste), que serve de preparação ao Grande Prêmio da Argentina de 2014. “Ver todos os entusiastas do motociclismo que estiveram presentes para assistir ao teste de MotoGP e Moto2 é a prova mais concreta que eventos desportivos e turismo são duas ferramentas que funcionam em conjunto e que devem ser exploradas para se maximizar os benefícios para as províncias da Argentina”.

Projeto do Autódromo Internacional de Curvelo; 4.7 km com 16 metros de largura

Projeto do Autódromo Internacional de Curvelo; 4.7 km com 16 metros de largura

Enquanto isso, no Brasil, nossos governantes não demonstram o menor interesse em investir para trazer eventos de esportes a motor e por esse motivo vemos nossos autódromos esquecidos, relegados ao descaso das autoridades, sendo sumariamente destruídos. Resta apenas contar com a iniciativa privada para construir e administrar novos autódromos, como é o caso do Autódromo Internacional de Curvelo, em Minas Gerais, cuja construção já foi iniciada.

Leia mais sobre o Autódromo Internacional de Curvelo:  clique aqui