Lorenzo e Márquez protagonizaram um duelo épico na última volta do GP da Itália

MotoGP™: a última volta mais eletrizante do ano

Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) não é um dos mais carismáticos pilotos da MotoGP™, mas seguramente é o melhor piloto de moto na atualidade. Pelo menos é o que estamos testemunhando nesta temporada e fato mais que confirmado no Grande Prêmio da Itália, realizado neste domingo (22), que teve uma última volta épica entre ele e Marc Márquez (Repsol Honda Team), protagonizando um duelo eletrizante, que culminou com Lorenzo cruzando a linha de chegada a insignificantes 0,019 segundo de vantagem, que só foi confirmada com o uso do photo finish. Em terceiro ficou Andrea Iannone (Ducati Team) a 4,742s do líder.

Lorenzo e Márquez protagonizaram um duelo épico na última volta do GP da Itália

Lorenzo e Márquez protagonizaram um duelo épico na última volta do GP da Itália

No sábado Rossi tinha feito uma volta impecável para garantir a pole que não conseguia desde 2008, o que levou o motor da sua moto ao extremo. Seus mecânicos asseguraram que o motor não apresentava riscos mas a realidade mostrou que eles estavam errados ao não colocarem um motor novo para a corrida.

Quando as luzes vermelhas se apagaram, Jorge Lorenzo pulou na frente, seguido de perto por Rossi que tentava ultrapassá-lo sem sucesso na curva 1, onde Lorenzo freava melhor e mantinha-se líder. A disputa seguiu até que Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) teve seu motor estourado na oitava volta por não resistir ao esforço exigido na perseguição implacável ao seu companheiro de equipe, calando os mais de 100 mil torcedores que lotavam as arquibancadas do Autódromo de Mugello.

Jorge Lorenzo é seguramente o melhor piloto de moto da atualidade

Jorge Lorenzo é seguramente o melhor piloto de moto da atualidade

A partir desse momento Lorenzo passou a ser perseguido por um Marc Márquez agressivo e possuido como sempre, que o ultrapassou no início da última volta quando se iniciou uma batalha de troca de posições que durou até poucos metros da linha de chegada, proporcionando à torcida uma disputa daquelas que além de não deixar o torcedor sequer piscar, ficará registrada para sempre na história.

Marc Márquez: “Pela primeira vez na minha carreira eu sei o que é perder uma corrida nos últimos 50 metros, nunca havia sentido isso antes. Eu tentei o meu máximo toda a corrida e esta foi a melhor corrida que era possível hoje. Tentei ganhar, mas na última reta Jorge me pegou com o vácuo. Nesta corrida o velho Márquez veio e eu esqueci o campeonato e apenas ataquei “.

Resultado da corrida – MotoGP™

MotoGP_corrida_22_05

Situação do campeonato após 6 etapas – MotoGP™

MotoGP_campeonato_22_05

Sobre o Circuito de Mugello

Localizado 30 km ao nordeste de Florença na bela paisagem da Toscana, Mugello é um circuito moderno, com excelentes instalações.

MotoGP_cCircuitoMugello_22_05Comprado pela Ferrari em 1988, a pista de 5,245 km tem sido renovado com um alto padrão e tem uma reputação crescente como um dos mais modernos, bonitos e seguros do mundo.

Conta com uma mistura de curvas lentas e rápidas com curvas radicais, retas longas e curvas que fazem de Mugello um dos circuitos mais difíceis para os pilotos e engenheiros. Tendo hospedado seu primeiro evento de MotoGP em 1976, o local tornou-se permanente em 1991, após uma extensa remodelação. Situado num belo vale toscano, Mugello oferece amplas áreas de visualização para uma multidão de mais de 100 mil pessoas.

Separador_MotoGP



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.