Foto: Toni Elias, piloto da equipe San Carlo Honda Gresini RC212V na MotoGP

MotoGP celebra os 100 anos de Indianópolis

Foto: Toni Elias, piloto da equipe San Carlo Honda Gresini RC212V na MotoGP

Foto: Toni Elias, piloto da equipe San Carlo Honda Gresini RC212V na MotoGP

Honda procura repetir neste final de semana o mesmo sucesso obtido em Laguna Seca e Donington Park

A pista mais famosa de esportes a motor do mundo celebra o seu centésimo aniversário na próxima etapa da MotoGP em Speedway, subúrbio de Indianápolis, Indiana (EUA), neste final de semana. O circuito já foi sede de grandes campeonatos como Formula 1, Nascar e Indy Car e volta a sediar a MotoGP com uma melhor previsão do tempo. No ano passado, a competição foi paralisada por causa da difícil situação climática causada pelo Furacão Ike.

Os pilotos da equipe Honda estão bem otimistas, principalmente por causa das recentes vitórias do espanhol Dani Pedrosa na etapa em Laguna Seca, Estados Unidos e do italiano Andrea Dovizioso, no Grand Prix da Inglaterra, em Donington Park. Elespretendem correr atrás de boas posições no GP de Indianápolis e bater o recorde de triunfos realizados em circuitos norte- americanos.

–Estou bem ansioso de competir nos Estados Unidos de novo, principalmente porque vencemos a corrida em Laguna Seca em julho. Uma vitória parecida com essa será ótima para mim e para a equipe e é isso que vou buscar, mesmo sabendo que teremos que trabalhar pesado para isso–, disse o piloto Dani Pedrosa, da Repsol/Honda, se referindo aos fortes adversários que tiveram de enfrentar nas últimas corridas. Oito semanas atrás, o piloto teve a primeira vitória da temporada em Laguna Seca, perto da região do Pacífico em Monterrey, na Califórnia. Pedrosa ganhou dois dos três pódios de corridas realizadas nos Estados Unidos e pretende continuar vencendo na 12ª etapa das 18 que fazem parte do calendário.

Para Pedrosa, o circuito de Indianápolis é um dos seus favoritos, porém ele está preocupado com as condições do tempo durante a p rova.–Espero que o tempo neste GP esteja melhor do que no ano passado, que estava horrível e os organizadores tiveram que parar forçadamente a corrida. Foi uma das pior provas que competi em toda minha carreira–, conta o espanhol.

Pedrosa, que está na quarta posição no ranking geral do compeonato, tem uma motivação extra para conseguir o pódio em Indi neste final de semana: se ele terminar entre os três primeiros, passará Casey Stoner (da Ducati Marlboro) e conquistará o terceiro lugar.

Para o colega de equipe Andrea Dovizioso (6º), o circuito também é bem atraente para o piloto. –Esta é a segunda vez que corro em Indianápolis e tenho que dizer que tive bons pressentimentos sobre a pista no ano passado. Gosto muito deste circuito e será importante para mim e para a equipe conseguir bons resultados nessa etapa–, disse o piloto. –Mes mo com o quarto lugar em Brno, lutarei pelo pódio em Indi–, completou.

Os pilotos Randy De Puniet (LCR Honda – 7º ), Toni Elias (San Carlo Honda Gresini – 12º ), Alex De Angelis (San Carlo Honda Gresini – 11º ) e Gabor Talmacsi (Scot Honda) também buscam melhores colocações para a equipe Honda no Grand Prix de Indianápolis.