Decisão estratégica de Marc Márquez deixou tudo muito mais fácil para a vitória

MotoGP: Marquez acerta a estratégia e vence em Brno

Após merecidas férias, o circo da MotoGP retornou às pistas neste final de semana com uma corrida perfeita do líder do Campeonato, o espanhol Marc Márquez (Honda #93). Com a pista de Brno, na República Tcheca, ainda úmida no momento da largada, todos os pilotos partiram com pneus de chuva e poderiam trocar de moto a qualquer momento. Márquez parou bem antes que todos os outros e isso lhe valeu a vitória com folga.

Quem largou muito bem foi Jorge Lorenzo (Ducati #99), que saiu da sexta posição no grid para a liderança, deixando os cinco pilotos que ocupavam as posições à sua frente – Márquez, Valentino Rossi (Yamaha #46), Dani Pedrosa (Honda #26), Andrea Dovizioso (Ducati #4) e Cal Crutchlow (Honda #35) para trás. Quem também largou bem foi Maverick Viñales (Yamaha #25) que veio na mesma balada de Lorenzo para entrar na briga.

Liderança

Liderança

Márquez é só sorrisos depois de mais uma vitória consistente

MotoGP

MotoGP

Decisão estratégica de Marc Márquez deixou tudo muito mais fácil para a vitória

Yamaha

Yamaha

Maverick Viñales redimiu-se com um bom terceiro lugar e uma corrida segura

Dobradinha

Dobradinha

Dani Pedrosa mostra maturidade e tem sido o escudeiro que a Honda precisa para o líder Márquez

Guerreiro

Guerreiro

Cal Crutchlow coloca a Honda da equipe satélite na briga com os protótipos de fábrica

Moto3

Moto3

Joan Mir, vencedor da etapa e líder do campeonato na Moto3

Costume

Costume

Rossi ajeita a cueca, tradicional gesto do italiano quando sai dos boxes

Moto2

Moto2

O suíço Thomas Luthi venceu em Brno e diminuiu a diferença para líder na Moto2

Decisivo

Decisivo

Márquez troca a moto antes de todos e decidiu a corrida a seu favor

Rookies Cup

Rookies Cup

O brasileiro Meikon Kawakami foi quinto na Red Bull Rookies Cup

Top 10

Top 10

Kawakami está na nona posição na Red Bull Rookies Cup

A pista que já tinha trilha seca no início, secou rapidamente e Marc Márquez estrategicamente decidiu parar logo no final da segunda volta para trocar de moto e ir para a pista com pneus slick. Sua volta para a pista rodando cerca de 10 segundos mais rápido que todos os outros o colocou na primeira posição rapidamente sem qualquer esforço, apenas herdando posições dos rivais para abrir grande vantagem na primeira posição.

Márquez troca a moto antes de todos e decide a corrida a seu favor

Márquez troca a moto antes de todos e decide a corrida a seu favor

Assim, a disputa ficou morna entre a terceira e a oitava posições, já que o companheiro de equipe Dani Pedrosa conseguiu rapidamente chegar na segunda posição e se manter sozinho até o final. Na briga pelas posições seguintes estiveram Danilo Petrucci (Ducati #9), Crutchlow, Dovizioso, Viñales e Aleix Espargaró (Aprilia #41). Lorenzo que parecia ter encontrado o melhor acerto para sua Ducati, na troca de moto não conseguiu sair das últimas posições e terminou na 15ª posição, marcando um ponto na classificação geral.

No final uma dobradinha da Honda cruzou nas duas primeiras posições com outro dobradinha da Yamaha em 3º e 4º, seguidos por Crutchlow e Dovizioso. A vitória de Márquez deu-lhe mais fôlego para a arrancada para esta segunda metade da temporada. O destaque foi Viñales que parece ter recuperado a melhor forma (dele e da moto) e, como sempre, Valentino Rossi que protagonizou hoje os melhores momentos da corrida com suas ultrapassagens para chegar até a 4ª posição.

Rossi ajeita a cueca, tradicional gesto do italiano quando sai dos boxes

Rossi ajeita a cueca, tradicional gesto do italiano quando sai dos boxes

Classificação da MotoGP após a etapa da República Tcheca:

  1. Marc Márquez (Honda – Espanha): 154 pontos
  2. Maverick Viñales (Yamaha – Espanha): 140
  3. Andrea Dovizioso (Ducati – Italia): 133
  4. Valentino Rossi (Yamaha – Italia): 132
  5. Dani Pedrosa (Honda – Espanha): 123
  6. Johann Zarco (Yamaha – França): 88
  7. Jonas Folger (Yamaha – Alemanha): 77
  8. Danilo Petrucci (Ducati – Italia): 75
  9. Cal Crutchlow (Honda – Inglaterra): 75
  10. Jorge Lorenzo (Ducati – Espanha): 66

Moto2: Luthi vence, mas Morbidelli se mantém na liderança

Numa corrida que foi interrompida pela chuva e que acabou sendo de apenas 6 voltas, o suíço Thomas Luthi (Kalex #12) foi quem se deu bem e tirou a diferença para o líder Franco Morbidelli (Kalex #21) ao vencer fácil a segunda corrida da Moto2 em pista molhada. O segundo colocado foi Alex Márquez (Kalex #73), com o português Miguel Oliveira (KTM #44) completando o pódio. Na primeira largada, Mattia Pasini (Kalex #54) largou na ponta e foi seguido por Morbidelli, Oliveira, Márquez, Francesco Bagnaia (Kalex #42) e Brad Binder (KTM #41).

O suíço Thomas Luthi venceu em Brno e diminuiu a diferença para líder na Moto2

O suíço Thomas Luthi venceu em Brno e diminuiu a diferença para líder na Moto2

Esta linha de chegada determinou a segunda largada, que teve Luthi na ponta com grande vantagem para Márquez, Oliveira, Luca Marini (Kalex #10) e Xavi Vierge (Tech3 #97). O líder da Moto3, Franco Morbidelli, fez uma corria cuidadosa para pontuar e terminou na 8ª posição, o que lhe deu 8 pontos na etapa, suficiente para manter a liderança com 182 pontos, eguido por Thomas Luthi (165), Alex Márquez (133), Miguel Oliveira (133), Francesco Bagnaia (87), Mattia Pasini (73), Takaaki Nakagami (69), Simoni Corsi (63), Luca Marini (54) e Xavi Vierge (51) na 10ª posição.

Moto3: Joan Mir vence e amplia vantagem

Como sempre, a corrida que mais traz disputas apertadíssimas e muita emoção é a Moto3. Sob chuva, o líder da categoria, Joan Mir (Honda #36) venceu em Brno e ampliou ainda mais sua vantagem na liderança da Moto3. O único piloto que ameaçou sua liderança foi Romano Fenati (Honda #5), que se contentou com a segunda posição na pista molhada da República Tcheca e manteve a segunda posição na classificação geral da categoria. O pódio da corrida da Moto3 foi completado por Aron Canet (Honda #44) depois de uma intensa disputa com o espanhol Juanfran Guevara (KTM #58) e o holandês Bo Bendsneyder (KTM #64).

Joan Mir, vencedor da etapa e líder do campeonato na Moto3

Joan Mir, vencedor da etapa e líder do campeonato na Moto3

A Red Bull Rookies Cup também teve etapa neste final de semana em Brno e, sob chuva, o brasileiro Meikon Kawakami (#83) terminou a etapa na quinta posição após intensa disputa com outros seis pilotos e mostrando sua competitividade na categoria ocupa a 9ª posição no campeonato.meikon-vert

Fotos: Copyright by Dorna

Separador_MotoGP

 



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.