encontro-motonliers-bando-do-macaco-14

Motonline e Bando do Macaco celebram o melhor do motociclismo: a amizade

Crie um site de motos e faça-o perdurar e crescer por 18 anos. Coloque nele um fórum de discussões sobre motos e tudo que em torno delas exista. Cuide de ambos – site e fórum – alimentando-os com o que haja de melhor em termos de qualidade e seriedade nas informações e nas discussões. Invista em tecnologia, mas não esqueça das pessoas. Estimule a pluralidade de ideias e mantenha as portas abertas para todos que venham com o espírito colaborativo e de amizade, sem qualquer tipo de distinção.

Ponto alto do encontro: curso básico off-road com instrutores especializados

Ponto alto do encontro: curso básico off-road com instrutores especializados

Essa receita não está completa porque ela segue sendo escrita todos os dias há 18 anos. Apesar disso, seus ingredientes básicos já estão na “massa” e, quando começaram a ser misturados, geraram excelentes frutos, como os auto-denominados Motonliners, grupo de motociclistas e entusiastas que se encontram virtualmente e diariamente nos milhares de tópicos de discussão do Fórum Motonline. E destes encontros virtuais, surgiram grupos que se encontram no mundo real, tendo como base a motocicleta. Um destes grupos é o Bando do Macaco, que decidiu celebrar seu 6º aniversário junto com o 4º Encontro Nacional Motonliners.

Chegada à Fazenda ASW, em Mogi das Cruzes, para o curso off-road: excitação e alegria... além do frio

Chegada à Fazenda ASW, em Mogi das Cruzes, para o curso off-road: excitação e alegria… além do frio

Bom, e você deve estar se perguntando….. e daí? É que o Motonline, no momento em que completa 18 anos de existência e reconhecido como o maior e mais completo site de motos do Brasil, segue tendo na sua essência os mesmos ingredientes: qualidade, seriedade, pluralidade. E por isso celebra seus frutos e a razão mais importante de sua existência, os Motonliners e tudo o que deles surge. Então, mesmo que esta seja a primeira vez que você esteja lendo algo aqui no Motonline, é bom saber que você também já é um Motonliner.

4º ENM e 6º Aniversário do Bando do Macaco

Pensado cuidadosamente e com a missão de fortalecer o casamento entre Motonline e Bando do Macaco, a quarta edição do Encontro Nacional Motonliners foi muito mais do que uma reunião de amigos, encontro de motociclistas ou desculpa para colocar as motos na estrada e rodar algumas centenas (e até milhares) de quilômetros. Foi um momento fraternal marcado pela amizade, descontração e aprendizado, selando uma parceria que transcende a estrutura do portal e saiu do on-line para o off-line, deixa o mundo virtual e entra para o mundo real. A celebração aconteceu em Jacareí, no interior de São Paulo, no feriado de Corpus Christi, entre 15 e 18 de junho.

Retornando de um hiato, a quarta edição do Encontro Nacional resgatou a parceria com o Bando do Macaco, grupo de amigos que se conheceu através do Motonline

Retornando de um hiato, a quarta edição do Encontro Nacional resgatou a parceria com o Bando do Macaco, grupo de amigos que se conheceu através do Motonline

Para resgatar um pouco da história, o Bando do Macaco é um grupo de amigos motociclistas oriundos de diferentes estados do Brasil e que se conheceu através do Fórum Motonline. Em 2011, o portal realizou a primeira edição do Encontro Nacional Motonliners (ENM), em Curitiba (PR), promovido pelos Motonliners para os Motonliners, amigos e fãs do Motonline. O objetivo era fazer com que ‘amigos virtuais’, que trocavam informações e conhecimento através do Fórum, tivessem a oportunidade de se conhecer no mundo real. Logo veio o 2º ENM, desta vez em Lavras (MG) e depois o 3º ENM em Ubatuba (SP).

Daquele 2º ENM em Lavras acabou surgindo o Bando do Macaco, um grupo de amigos motociclistas que, desde então, já se reuniu em diversas aventuras Brasil afora (e também na América do Sul) e realiza também o Macacos na Lama entre outros encontros anuais. A fim de resgatar esta parceria e dar novo fôlego ao Encontro Nacional Motonliners, foi realizado o 4º ENM e 6º Aniversário do Bando do Macaco, em 2017. Desta vez, o evento contou com o direto envolvimento do Motonline com seus parceiros, como a Honda e a BR Motorsports, além do apoio de Amaral Instrutor e TRS – Terwak Racing Service.

Aprendizado sobre pilotagem off road deu aos participantes um ar de 'crianças a espera de abrir os presentes na manhã do Natal'

Aprendizado sobre pilotagem off road deu aos participantes um ar de ‘crianças a espera de abrir os presentes na manhã do Natal’

Motociclismo no Motonline: liberdade, diversão e responsabilidade

Um dos pontos altos do evento, prometido e aguardado desde outras edições do “niver” do Bando, foi o curso de pilotagem off-road, ministrado pelo instrutor Carlos Amaral na Fazenda ASW, administrada pela TRS, em Mogi das Cruzes. Com o mesmo brilho nos olhos de uma criança prestes a abrir os presentes na manhã do Natal, os participantes ouviram atentamente cada um das dicas de pilotagem, postura, frenagem, equilíbrio, técnicas e derrapagem controlada, até o momento de colocar as motos na terra. Foram 5 unidades: uma Bros 160, duas XRE 190, uma XRE 300 e uma CRF 1000L, a Africa Twin, todas cedidas pela Honda especialmente para a ocasião e preparadas para o uso fora de estrada, exceto a bigtrail Africa Twin, que estava original.

Os Motonliners ouviram e observaram atentamente a todas as instruções

Os Motonliners ouviram e observaram atentamente a todas as instruções

Por um dia inteiro, no piso ainda umedecido pelas chuvas dos dois dias anteriores, mais de 40 participantes puderam dar os primeiros passos no off-road leve, acompanhados de perto num circuito pequeno e amigável. “Brincando  aprendendo” foi a expressão que melhor resume esta atividade, principalmente as mulheres, que criaram coragem e invadiram o espaço masculino do off-road. Claro, como muitos dos Motonliners que vieram ao evento utilizam motos grandes, a experimentação da Africa Twin foi uma experiência e tanto, como explica Ricardo Kadota (Rock_Ténéré), motonliner de primeira hora, membro do Bando do Macaco e organizador do evento.

“Para quem viaja muito de motocicleta como nós, sempre existe a possibilidade de enfrentar um off-road básico com nossas motos e obter algum conhecimento sobre como se comportar e conduzir com segurança nessas condições é muito importante”, fala Kadota. “Foi importante também para perceber como a tecnologia presente na Africa Twin faz toda a diferença quando se enfrenta situações adversas de aderência”, complementa.

Nem só de moto falam os motonliners

Se você acha que encontro de motociclista só se fala de moto, aqui não é bem assim. Antecedendo o já tradicional leilão, no qual, de forma descontraída, são comercializados itens do universo motociclístico e a renda é revertida para abater custos da promoção do evento, aconteceu a palestra ministrada pelo CEO e Editor do Motonline, jornalista Sidney Levy, com o apoio (e a memória) do fundador do Motonline, Ryo Harada. “As rápidas mudanças e os desafios da Internet” foi o tema da conversa, tudo entremeado e ilustrado pela linha do tempo do próprio Motonline, que com sua rica história de 18 anos viveu todas essas mudanças e está pronto para enfrentar todos os novos desafios.

Palestra, leilão e distribuição de brindes de todos as marcas e tipos

Palestra, leilão e distribuição de brindes de todos as marcas e tipos

Como todo evento, há aqueles que participam de uma ou duas atividades da programação, mas a maioria participou de tudo, desde o curso off-road até o churrasco final. Mas entre todos, participaram do 4º ENM e 6º Aniversário do Bando do Macaco, 61 pessoas que vieram dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul. “Sabemos que há muitos outros Motonliners espalhados pelo Brasil que gostariam de ter participado, mas diferentes razões os impediram. Como nossas portas estão sempre abertas aos que chegam com o espírito de colaboração e amizade que norteia o comportamento dos Motonliners, temos certeza que na próxima oportunidade muitos que já estão na história do maior portal de motos do Brasil estarão presentes”, prevê Ryo Harada.

Para o organizador Ricardo Kadota, fica a satisfação do dever cumprido e a sensação de que este é apenas mais um momento da história do Motonline e de seus frutos. “Na manhã de domingo era hora de se despedir da maioria dos participantes. Acordei cedo e fui fotografar e agradecer a cada um que partia para sua casa. Todos agradeceram a oportunidade de participar da programação tão boa e rica, principalmente do curso off-road, que foi o que mais marcou a todos”, destacou.

O grupo de viajantes mais numeroso no evento veio de Lavras (MG). Fábio Lasmar, um dos mais entusiasmados motonliners do Bando do Macaco, escreveu: “Mais uma vez foi emocionante estar com o Bando e, novamente, a felicidade transbordou. Para mim, o aniversário do Bando do Macaco não é mais um encontro, um churrasco, ou uma viagem de moto, mas sim um evento anual pelo qual aguardo o ano todo e quando chega a segunda-feira seguinte já começo a pensar quando será o próximo. Vida longa ao Bando! Vida longa aos Motonliners! Vida longa a nós motociclistas e ao nosso espírito de liberdade!”.

Evento reuniu participantes de estados como São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Mais do que um brinde à amizade, encontro destacou valores do motociclismo, como liberdade, diversão e responsabilidade

Evento reuniu participantes de estados como São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Mais do que um brinde à amizade, encontro destacou valores do motociclismo, como liberdade, diversão e responsabilidade

Concluída a quarta edição do Encontro Nacional Motonliners e sexto Aniversário do Bando do Macaco, o sentimento que fica é o de saudade e expectativa, já pensando no evento do ano que vem. Além disso, deixamos um sincero agradecimento a todas as empresas que foram parceiras e apoiadoras desta realização, em suas esferas específicas, essenciais para o sucesso do encontro: Honda, Terwak Racing Service, BR Motorsport (representante de LS2, NoRisk, Race Tech), Hotel Brisa Rio e Amaral Instrutor.

Fotos de Ricardo Kadota e Guilherme Augusto de Souza

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.