Motonliner pergunta sobre Alforges e Óleo - Sucupira responde

Motonliner pergunta sobre Alforges e Óleo – Sucupira responde

Motonliner pergunta sobre Alforges e Óleo - Sucupira responde

Olá, gostaria que fizessem uma reportagem sobre alforges, gostei muito sobre “minha vida numa moto”.

Qual é a validade do óleo do motor?
Como eu ando pouco com a minha moto, acho que tenho que trocar antes de dar a quilometragem para próxima troca, eu uso o yamalube, no meu caso não seria melhor eu efetuar a troca a cada 5 meses, mesmo utilizando outro óleo? Parabéns pelo site. Cesar(35), Biriguí, SP

Caro César,
Neste momento estou escrevendo uma matéria sobre arrumação de bagagem onde este item será um dos a serem abordados. Acontece que existem outros detalhes muito mais importantes antes de escolher um alforge. Espere a matéria para comprar o seu.

Quanto ao óleo, na minha opinião, o melhor é usar o mineral e trocar sempre que ele estiver dando sinais de perda de viscosidade. A quilometragem é uma referência de limite, mas não serve para tudo. Por exemplo – se vc rodar em estrada suja, com terra, lama e poeira com certeza o óleo precisará ser trocado antes da quilometragem recomendada. No caso de motos esportivas que rodam em alto giro por muito tempo vão acontecer a mesma coisa, pois as moléculas responsáveis pela viscosidade acabam se quebrando e o óleo vira
quase uma água perdendo suas propriedades de lubrificação. O tempo é outro fator. Óleo com muito tempo sem uso cria crostas ou engrossa. Enfim, a recomendação é – faça checagens semanais ou quinzenais do óleo da sua moto e
ao primeiro sinal de desgastes ou perda de viscosidade troque-o, independente da quilometragem. Outro segredo é o barulho do motor – óleo velho ou com pouca viscosidade aumentam o barulho de engrenagens – fica mais
metalizado. Esse é um outro sinal. O óleo novo deixa sempre a moto com motor silencioso e redondinho. Repito. Quilometragem é uma referência de limite e não regra geral pra tudo.

Abraços e obrigado pela pergunta,