MotoSchool e Kawasaki promovem Concurso Cultural neste final de semana

MotoSchool e Kawasaki promovem Concurso Cultural neste final de semana

MotoSchool e Kawasaki promovem Concurso Cultural neste final de semana

A MotoSchool, em parceria com a Kawasaki, está promovendo um concurso cultural que vai até este domingo (14 de novembro). Para participar, basta entrar no site da Kawasaki e responder à pergunta: “O que você faria com sua Ninja 250R se tivesse o poder de controlar o tempo?”. O autor da melhor resposta ganha uma Kawasaki Ninja 250R.

Além disso, os participantes do concurso, escolhidos por votação, serão convidados a participar do test ride da Ninja 250R, que irá acontecer no sábado (13 de novembro) no kartódromo Aldeia da Serra. As motos ficarão à disposição dos selecionados das 9h às 18h e o teste será totalmente gratuito.

“A Kawasaki Ninja 250R é a moto ideal para quem deseja começar a competir e ainda é uma moto muito ágil para o dia-a-dia. Por sua relação custo-benefício, é o modelo ideal para quem está começando a andar de moto”, explica Bruno Corano, instrutor da MotoSchool e um dos principais pilotos do país.

De fato, a Kawasaki Ninja 250R é hoje uma das portas de entrada mais acessíveis para quem deseja começar a competir. Com a criação da Copa Kawasaki Ninja 250R, que faz parte do Superbike Series, acelerar nas pistas ficou muito mais fácil.

Criada este ano, a categoria foi considerada um verdadeiro sucesso. Com 27 pilotos em média, a competição já começou a revelar talentos e trazer para dentro das pistas uma série de novos nomes.

“A moto é muito boa de curva e muito divertida de pilotar na reta. Entrar na mesma pista que seus ídolos competiram e correr, sentir o vento na cara, isso é uma verdadeira paixão. Se não fosse a Ninja, provavelmente não estaria correndo”, afirmou Carol Pereira, uma das novatas da competição.

Mais experiente em competições, Douglas Figueiredo é mais um que atesta o alto nível da competição e do equipamento. “A Kawasaki Ninja 250R foi uma grande surpresa esta temporada. A Copa foi uma das mais emocionantes que eu já participei e o equipamento é de primeira”, disse ele.