Belíssimas estradas e um passeio inesquecível: transforme o sonho em realidade

Mototurismo no exterior: um sonho possível

Qual motociclista nunca pensou em viajar de moto pelo mundo?  Às vezes, você pode não possuir a moto, a grana suficiente ou mesmo a companhia ideal, mas com um pouco de planejamento, poderá conhecer vários lugares utilizando motocicletas alugadas inclusive com uma infraestrutura digna de um passeio cinco estrelas.

Roteiro pela Rota 66 é um dos mais populares

Roteiro pela Rota 66 é um dos mais populares

Outro bom motivo para utilizar motos alugadas em viagens internacionais é economizar! Sim, isso mesmo; todos conhecemos algum motociclista com moto de alma “estradeiras” e que após um ano de uso tem modestos três mil quilômetros rodados… As desculpas são as mesmas: a chuva não para, não tenho tempo, não tenho companhia para viagens, as estradas no Brasil são muito inseguras, trabalho muito, etc.  E essa moto comprada por 60 ou  70 mil reais no ano seguinte valerá cercar de 10% a menos, sem contar os impostos, manutenção, seguros, etc. E aí valeu a pena? Bem, isso discutiremos em outro momento. O objetivo agora é fazer você utilizar melhor esse dinheiro que você fatalmente jogará pelo ralo.

Alugar é fácil e não requer assim tanto investimento

Alugar é fácil e não requer assim tanto investimento

Primeiramente você deve escolher o destino de seus sonhos, elencar pontos interessantes do país que deseja conhecer, documentos necessários e alguns detalhes: se viajará em grupo ou sozinho, quantos quilômetros rodará por dia, o nível dos hotéis, o tipo da moto que se adequa ao seu biotipo, enfim… A viagem começa a partir da sua decisão de fazê-la.

Saiba que uma aventura desse porte pode ser totalmente customizada: você pode sair sozinho da locadora, com alforjes de couro nas laterais de sua nova moto, algumas mudas de roupa e o mapa colado no tanque da moto…  Ou quem sabe uma agência que cuide de tudo, inclusive um guia local que fale seu idioma durante todo o roteiro pré-definido com hotéis reservados, seu som preferido tocando na moto, além de um utilíssimo caminhão suporte para suas malas e compras pelo caminho, onde sua única preocupação será: assento ou janela nos voos.  Tudo isso tem um preço que, diluído em grupo de amigos, pode compensar bastante.  Só depende do seu perfil aventureiro e condições financeiras.

Você pode customizar seu roteiro de acordo com interesse do grupo

Você pode customizar seu roteiro de acordo com interesse do grupo

Com um bom planejamento, pode-se minimizar mais um custo elevado, talvez o maior deles: a parte aérea. Você pode utilizar de forma inteligente o seu cartão de crédito para obter milhagens que podem ser trocadas por passagens aéreas, pois a partir de 30.000 milhas já é possível emitir um bilhete para os EUA ou mesmo para a Europa.

Nos EUA, por exemplo, há disponibilidade de aluguel de motos grandes de várias marcas

Nos EUA, por exemplo, há disponibilidade de aluguel de motos grandes de várias marcas

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem diversos roteiros que você pode escolher de acordo com sua disponibilidade de tempo e financeira: logicamente que a Rota 66 – a meca de todos os motociclistas – é a principal atração, mas há muito mais que isso. Dividindo o país em três partes, pode-se conhecer todo o oeste americano e suas cidades marcantes como: San Francisco, Las Vegas, Los Angeles em um roteiro de até 12 dias. Na parte central-sul é possível conhecer de Atlanta a New Orleans, uma região culturalmente riquíssima, berço do Blues e Jazz, além de seus pântanos e claro uma visita à casa do rei Elvis Presley, por que não?

A parte leste é uma excelente opção para o verão, visitando Key West, Miami Beach e quem sabe subir um pouco mais e ir até o evento mais famoso da região, o Daytona Bike Week, que acontece anualmente em março reunindo cerca de 500.000 pessoas de todo o mundo.

Belíssimas estradas e um passeio inesquecível: transforme o sonho em realidade

Belíssimas estradas e um passeio inesquecível: transforme o sonho em realidade

Rodar pela Europa exige um pouco mais de recursos principalmente pela desvalorização do Real face ao Euro, mais isso não torna a viagem menos interessante, visto que pode-se conhecer diversos países e culturas diferentes na mesma semana.  Você pode se programar para iniciar a jornada de um belo litoral luso comendo um Pastel de Belém e no final da tarde jantar uma paella em um bom restaurante espanhol em Sevilha. No dia seguinte, pode “dar uma esticada” até o estreito de Gilbraltar e “avistar” a Mama África a apenas 15 km mar adentro.

Aqui pela América do Sul, pode ser mais interessante ir com sua própria motocicleta, pois numa primeira análise, os custos de locação e suporte lhe convencerão de andar pela Europa. Observe que nem falamos das possibilidades em safáris africanos, de uma “volta completa” na Nova Zelândia ou mesmo avistar alguns cangurus na Austrália, por que não? Enfim, já percebeu que destino é o que não falta! Portanto, organize-se, estabeleça metas, converse com sua garupa companheira, ou sua turma de bons amigos e boa viagem pelo mundo!

Algumas empresas especializadas para consultas: www.eaglerider.com (EUA, Europa); motoxplorers.com (Portugal); www.apextravel.com.br (Brasil); www.harleytours.com.br (Brasil).