MOUNTAIN BIKE: Rubinho busca último título antes da Olimpíada

Ciclista que faz parte da equipe Amazonas, patrocinada pela ASW, corre em busca do primeiro lugar na Copa Internacional, em Congonhas (MG); O mineiro é favorito ao título inédito

Rubens Donizete, o Rubinho, está de olho em mais um título antes de embarcar rumo aos Jogos Olímpicos de Pequim. O mineiro corre em busca do primeiro lugar na Copa Internacional de Mountain Bike, que será decidida neste domingo (3), em Congonhas (MG). A conquista é inédita para o atleta que disputa a categoria Elite e faz parte da equipe Amazonas, patrocinada pela ASW.

Além de Rubinho, cinco integrantes da equipe entram na briga da última etapa. O pecurso será em formato de maratona e conta com 60 km no total. A largada está marcada para 9h, na praça principal da cidade. A prova tem importância redobrada para os atletas, pois conta pontos também para o ranking da UCI (União Ciclística Internacional).

A equipe Amazonas, composta pelos atletas Rubens Donizete, Robson Ferreira, Amarildo Ferreira, Cláudio Roberto Alves, Paulo Roberto Correa e Luis Cláudio Vargas, disputa quatro categorias da competição. Rubinho, Amarildo e Cláudio Roberto estão na liderança da Elite, Marster A e Master C, respectivamente, e não pretendem deixar o título escapar.

Para Rubinho, que está com viagem marcada para a China no dia 15 de agosto, a conquista do título inédito da Copa Internacional é um grande objetivo a ser cumprido. Até aqui, o mineiro fez uma excelente campanha. Prova disso é a possibilidade de terminar a prova em sexto lugar e ainda subir ao lugar mais alto do pódio. “Este é um título que ainda não conquistei em toda a minha carreira. Me preparei muito bem. Esta semana dei uma desacelerada porque preciso poupar energias”, contou. Rubinho afirma que este tipo de prova maratona não é sua especialidade. Ele prefere circuitos ma is rápidos, por isso, investiu pesado nos treinamentos. “É preciso também outro tipo de estratégia.”

Para o experiente atleta, o vencedor da prova deve ser decidido somente na reta final. “Este tipo de competição costuma ter um pelotão que anda junto o tempo todo. Os vencedores se distanciam mais no final da prova. Todos costumam se poupar para chegar com força até o final”, explicou.

Ao lado de Rubinho na categoria Elite, está Robson Ferreira. Atualmente em terceiro lugar na classificação, tem chances de terminar em segundo lugar, caso vença a corrida. Robson também possui grande experiência em provas deste tipo. Terminou o ranking de 2007 na segunda colocação, atrás somente do companheiro de equipe.

Na categoria Master A (30 a 34 anos), Amarildo Ferreira está na ponta da clas sificação e pode ser coroado com o título neste domingo. “A prova é muito competitiva, mas acredito que não terei grande dificulfidade. Tive ótimos resultados nos últimos anos. O percurso é longo e passa por várias cidades. Conta com trechos de fazendas e estradas de terra”, contou.

Como chefe da equipe, Amarildo também aposta na dobradinha entre Rubinho e Robson, com o primeiro e o segundo lugares na categoria principal. “Os dois estão muito bem. O Rubinho liderou praticamente todas as voltas da competição desde o iníciou. Isso fez com que ele desse um salto muito grande. Agora é só administrar”, ressaltou.

Outro atleta da equipe Amazonas na liderança é Claudio Roberto Alves. Ele está na frente da categoria Master C (40 a 44 anos) e precisa vencer para chegar ao título, independente da colocação de seus adversários. Luiz Cláudio Vargas comple ta o time na disputa.

Para completar a equipe Amazonas conta com Paulo Roberto Correa na categoria Master (45 a 49 anos), também com grandes chances de subir ao lugar mais alto do pódio. Para isso precisa driblar os adversários Eduardo Ramires e Adolfo Mariano.