Movimento Chega de Acidentes completa seis meses

O Chega de Acidentes, movimento pela implantação de um Plano Nacional de Segurança Viária no Brasil, teve início oficial em 18 de setembro de 2009, e foi criado pelo CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) junto com outras entidades. A campanha, que já antecipava ações antes mesmo da ONU (Organização das Nações Unidas) proclamar, recentemente, a Década de Ações para a Segurança no Trânsito de 2011 a 2020, pretende chamar a atenção da sociedade e das autoridades para o grande número de acidentes e mortes no trânsito.

No site www.chegadeacidentes.com.br um relógio virtual estima a evolução da quantidade de vítimas fatais e não fatais no Brasil, e o impacto econômico dos acidentes e suas vítimas. Desde que o relógio iniciou a estimativa, o trânsito já provocou a morte de 18.509* pessoas e outras 58.638* foram hospitalizadas. De acordo com dados levantados pelo movimento, o impacto econômico desses acidentes correspondem a cerca de R$ 16,5 bilhões*. Esse valor equivaleria ao investimento em 113 km* de linha de metrô em São Paulo; 329* hospitais de reabilitação; e aproximadamente 470 mil* casas populares e 70 milhões* de cestas básicas.

*Dados da última estimativa em 17/03/2010, às 14h22.

O cenário atual de insegurança no trânsito, com o elevado número de acidentes e vítimas, pode ser mudado. Para isso, é essencial a execução de um programa fundamentado em estatísticas e informações adequadas, e com ações coordenadas em todo o território nacional. Em 2010, o CESVI realizará reuniões permanentes com as entidades que apoiam o movimento Chega de Acidentes, com a finalidade de articular projetos voltados para a década da segurança viária no País.