Foto: Clement Desalle, piloto Honda no Mundial de Motocross

Mundial de Motocross chega à metade em Mallory Park

Foto: Clement Desalle, piloto Honda no Mundial de Motocross

Foto: Clement Desalle, piloto Honda no Mundial de Motocross

Marvin Musquin, da Honda lidera a categoria MX2 da competição. Tony Cairoli segue na ponta da MX1

Este final de semana (30 e 31), o Mundial de Motocross vai à Mallory Park, na Inglaterra, na etapa que marca a metade da competição. A pista foi a sede da edição 2009 do Motocross das Nações. A sétima rodada das 15 marcadas para esta temporada tem como líder na MX2 o piloto Honda Marvin Musquin que lidera o campeonato à frente de Gautier Paulin. Davide Guarneri continua em terceiro lugar. Na MX1, Tony Cairoli segue na ponta, seguido por Jonathan Barragan, Ken de Dycker, Joshua Coppins e David Philippaerts.

MX1 – Apesar de liderar a categoria MX1 desde a terceira etapa em Istambul, na Turquia, Antonio Cairoli enfrenta adversários de peso, prontos para lutar por pontos importantes na Inglaterra, entre eles Barragan e de Dycker.

O belga Clement Desalle segue como o piloto Honda melhor colocado, na sétima posição. O conterrâneo Kevin Strijbos chega à Inglaterra no 13º lugar. Em 14º, Billy Mackenzie, da equipe CAS Honda terá a chance de fazer uma boa corrida em casa. O piloto segue com força total em busca de um pódio. No início da temporada, Mackenzie sofreu com dores por conta de uma tendinite, mas já se sente recuperado. Já a Martin Honda entra na pista com Mickael Pichon que substitui Kevin Strijbos e Mark de Reuver, machucados.

MX2 – Na última etapa, a disputa entre dois franceses foi melhor para o piloto Honda Marvin Musquin sobre Gautier Paulin. O competidor chega a Mallory Park na liderança. Embora com uma diferença de apenas três pontos – 184 contra 181 – Musquin segue motivado. Outros dois importantes adversários também permanecem focados no pódio, o italiano Davide Guarner i e o português Rui Gonçalves.

Veteranos – Mallory Park irá receber a terceira etapa do Campeonato de Veteranos. Peter Iven, da Honda é um forte candidato à vitória. O belga foi o campeão da primeira etapa e ficou com a segunda posição na fase seguinte.

Classificação após quatro etapas:

MX1

1 – Antonio Cairoli – Itália
2 – Jonathan Barragan – Espanha
3 – Ken de Dycker – Bélgica
4 – Joshua Coppins – Nova Zelândia
5 – David Philippaerts – Itália
6 – Tanel Leok – Estônia
7 – Clement Desalle – Bélgica – Honda
8 – Maximilian Nagl – Alemanha
9 – D. Vuillemin – França
10 – Steve Ramon – Bélgica
13 – Kevin S trijbos – Bélgica – Honda
14 – Billy Mackenzie – Honda

MX2

2 – Marvin Musquin – França – Honda
2 – Gautier Paulin – França
3 – Davide Guarneri – Itália
4 – Rui Gonçalves – Portugal
5 – Xavier Boog – França
6 – Steven Frossard – França
7 – Nicolas Aubin – França
8 – Zach Osborn – Estados Unidos
9 – Shaun Simpson – Grã-Bretanha
10 – J. van Horebeek – Bélgica

Calendário

29/03 – Faenza, Itália
05/04 – Sevlievo, Bulgária
12/04 – Istambul, Turquia
26/04 – Valkenswarrd, Benelux
10/05 – Águeda, Portugal
17/05 – Belppuig, Catalunha
31/05 – Mallory Park, Ingla terra
07/06 – Ernee, França
21/06 – Teutschenthal, Alemanha
28/06 – Kegums, Letônia
05/07 – Uddevalla, Suécia
02/08 – Lommel, Bélgica
09/08 – Loket, República Tcheca
30/08 – Lierop, Holanda
13/09 – Canelinha, Brasil