Mundial de Motocross - Etapa 10 - Sun City, Africa do Sul

Mundial de Motocross – Etapa 10 – Sun City, Africa do Sul

Mundial de Motocross - Etapa 10 - Sun City, Africa do Sul

16 de Julho de 2006, Sun City (µfrica do Sul) – Com duas largadas em vantagem, Stefan Everts e o Pirelli Scorpion MX lideraram a d‚cima etapa do Grand Prix da µfrica do Sul na categoria MX1 do campeonato, a frente dos outros pilotos da Pirelli, Joshua Coppins e Steve Ramon.

O piloto belga da Yamaha tem seu d‚cimo t¡tulo mundial … vista, e gra‡as a seus 136 pontos poder  conquistar o campeonato em mais duas corridas, na sua terra natal, no come‡o de agosto. A Suzuki, gra‡as a Kevin Strijbos e Steve Ramon, ocupa as pr¢ximas posi‡äes e tamb‚m utilizaram os pneus Pirelli Scorpion MX. O piloto da KTM, David Philippaerts nÆo teve seu melhor dia. L¡der das £ltimas trˆs etapas do MX2, ele liderou a primeira bateria com os pneus Pirelli Scorpion MX, mas teve que se retirar devido a um problema t‚cnico.

MX 1 – TEMPO: Ensolarado / TEMPERATURA 26ø
HUMIDADE: 55% / TERRENO: Irregular e areia

Stefan Everts e o Pirelli Scorpion MX MidSoft 32 continuam sendo os protagonistas da primeira classe do motocross e provaram ser os melhores em qualquer tipo de terreno e em todas as condi‡äes. Na esplˆndida pista de Sun City, a 200km de Johannesburg, Everts conquistou outro marco em sua carreira, o recorde de dez vit¢rias seguidas, ladeado pelo neozelandˆs Joshua Coppins e por Steve Ramon, o piloto utilizou os pneus Pirelli MidSoft 32 na sua Yamaha. “Eu estou muito satisfeito com a tra‡Æo do pneu”, comentou o campeÆo mundial ao final da tarde, “foi uma pista muito dif¡cil com terra, areia, trechos duros e escorregadios e eu nÆo tive problemas quanto … aderˆncia”. O piloto da Honda Ken De Dycker foi o quinto colocado, a frente de Kevin Strijbos que, apesar de bater trˆs vezes hoje, mant‚m sua segunda posi‡Æo na classifica‡Æo geral do campeonato, bem atr s de Everts.

Classifica‡Æo Geral:
1. Stefan Everts Yamaha Pirelli
2. Joshua Coppins Honda Pirelli
3. Steve Ramon Suzuki Pirelli
4. Tanel Leok Kawasaki Michelin
5. Ken De Dycker Honda Pirelli

Classifica‡Æo Geral do Campeonato:
1. Stefan Everts Yamaha Pirelli 492
2. Kevin Strijbos Suzuki Pirelli 356
3. Steve Ramon Suzuki Pirelli 334
4. Tanel Leok Kawasaki Michelin 330
5. Ken De Dycker Honda Pirelli 322

MX 2 – TEMPO: Ensolarado
TEMPERATURA:26ø / HUMIDADE 55%
TERRENO: Irregular e areia

Depois de trˆs vit¢rias consecutivas com a moto KTM equipada com Pirelli Scorpion MX, a brilhante corrida de David Philippaerts foi interrompida por um problema na roda traseira. Depois de escolher o MidSoft 32, o piloto se envolveu em uma grande e intensa disputa na primeira bateria com Tyla Rattray, na qual saiu vitorioso, mas foi atingido durante a segunda bateria e bateu. O disco de freio traseiro ficou prejudicado e depois de uma s‚rie de voltas tentando voltar … posi‡Æo, o disco finalmente quebrou, for‡ando-o a abandonar a corrida. Gra‡as a sua primeira vit¢ria, Philippaerts terminou em d‚cimo na classifica‡Æo geral, na frente dos outros pilotos da Pirelli que usaram o MidSoft 32, Manuel Monni e Davide Guarneri, que ficaram na oitava e nona posi‡Æo respectivamente.

Classifica‡Æo Geral:
1. Antonio Cairoli Yamaha Michelin
2. Tyla Rattray KTM Michelin
3. Carl Nunn KTM Michelin
4. Christophe Pourcel Kawasaki Bridgestone
5. Gareth Swanepoel Kawasaki Michelin

Classifica‡Æo Geral do Campeonato:
1. Christophe Pourcel Kawasaki Bridgestone 379
2. Antonio Cairoli Yamaha Michelin 347
3. David Philippaerts KTM Pirelli 329
4. Tyla Rattray KTM Michelin 305
5. Marc De Reuver KTM Michelin 284