Foto: Billy Mackenzie, piloto Honda no Mundial de Motocross

Mundial de motocross parte para a décima etapa na Letônia

Foto: Billy Mackenzie, piloto Honda no Mundial de Motocross

Foto: Billy Mackenzie, piloto Honda no Mundial de Motocross

Disputa fica cada vez mais acirrada nas categorias MX1 e MX2. Final de semana terá também Campeonato de Veteranos

O décimo Grande Prêmio do Campeonato Mundial de Motocross 2009 das categorias MX1 e Mx2 será disputado em Kegums, na Letônia. Atualmente, as duas categorias são dominadas por uma geração de jovens pilotos. Antonio Cairoli está no topo da MX1, enquanto Marvin Musquin domina a classe MX2. O evento abrigará também a penúltima rodada do Campeonato de Veteranos. O atual líder Iven está fora por conta de uma lesão, por isso, o segundo colocado, Nilssen está pronto para assumir a posição.

MX1 – Na última etapa, o líder da MX1, Antonio Cairoli voltou a vencer. Os 41 pontos a mais foram importantes para defender o primeiro lugar do adversário David Philippaerts, que segue o compatriota italiano com o segundo lugar na classificação geral. Na Alemanha, ele terminou so mente com a quarta posição e estará faminto por vitórias neste final de semana para se aproximar mais da liderança e se defender do terceiro colocado, Maximilian Nagl.

O piloto da LS Motors Honda Clemente Desalle está em quinto lugar, mas apresenta grande perigo ao quarto colocado, Joshua Copins. O jovem piloto segue o adversário de perto, com apenas seis pontos atrás. Na Letônia, a Honda não terá dois de seus principais competidores: Billy Mackenzie e Mikael Pichon. O primeiro está ainda em recuperação de uma operação na mão. Já Pichon terminou que programava disputar três etapas, deixou a competição no último final de semana.

Com a primeira experiência em casa, os jovens pilotos Kempelis e Steinbergs, da Honda Letônia Elksni irão buscar um forte resultado diante de sua torcida.

MX2 – Apesar de interromper uma seqüência de quatro vitórias, Marvin Musquin manteve a ponta da categoria MX2. Este final de semana, o francês vai em busca da quinta vitória. Se tivesse vencido na Alemanha, o piloto se manteria invicto na competição. A seqüência de vitórias de Musquin foi interrompida pelo alemão Ken Roczen, que teve uma vitória em casa na última etapa e se tornou o mais jovem vencedor de uma GP, com apenas 15 anos. O piloto é o oitavo colocado em sua primeira participação no Campeonato Mundial.

Na intenção de atrapalhar os planos de Musquin, Gautier Paulin, Davide Guarneri e Rui Gonçalves mantém a busca por uma vitória.

Veteranos – Um acidente tirou da disputa desta etapa o atual líder do Campeonato Mundial de Veteranos, Peter Iven. Como segundo colocado na classificação, Mats Nilsson tentará subir ao lugar mais alto do pódio, porém, terá que contar com a concorrência de Christophe Lhertiteau e Jan Blancquaer.

Classificação: MX1
1 – Antonio Cairoli – Itália
2 – David Philippaerts – Itália
3 – Maximilian Nagl – Alemanha
4 – Joshua Coppins – Nova Zelândia
5 – Clement Desalle – Bélgica – Honda
6 – Ken de Dycker – Bélgica
7 – Tanel Leok – Estônia
8 – Jonathan Barragan – Espanha
9 – Aigar Leok – Estônia
10 – D. Vuillemin – França
12 – Billy Mackenzie – Honda
16 – Kevin Strijbos – Bélgica – Honda
17 – Mikael Pichon – França – Honda
21 – Marc de Reuver – Holanda – Honda

MX2
1 – Marvin Musquin – França
2 – Gautier Paulin – França
3 – Davide Guarneri – Itália
4 – Rui Gonçalves – Portugal
5 – Steven Frossard – França
6 – Xavier Boog – França
7 – Nicolas Aubin – França
8 – Manuel Monni – Itália
9 – J. van Horebeek – Bélgica
10 – Ken Roczen – Alemanha

Calendário
29/03 – Faenza, Itália
05/04 – Sevlievo, Bulgária
12/04 – Istambul, Turquia
26/04 – Valkenswarrd, Benelux
10/05 – Águeda, Portugal
17/05 – Belppuig, Catalunha
31/05 – Mallory Park, Inglaterra
07/06 – Ernee, França
21/06 – Teutschenthal, Alemanha
28/06 – Kegums, Letônia
05/07 – Uddevalla, Suécia
02/08 – Lommel, Bélgica
09/08 – Loket, República Tcheca
30/08 – Lierop, Holanda
13/09 – Canelinha, Brasil