Disputas eletrizantes no Mundial de MX em Penha (SC)

Mundial de MX: Antonio Cairoli dá show de pilotagem

 

Disputas eletrizantes no Mundial de MX em Penha (SC) - foto de Duda Bairros

Disputas eletrizantes no Mundial de MX em Penha (SC) - foto de Duda Bairros

 

MXGP – ANTONIO CAIROLI DOMINA GP BRASIL DE MOTOCROSS
Heptacampeão mundial venceu as duas baterias no Beto Carrero World

Cairoli comemora a vitória no GP Brasil e continua líder do Mundial - foto de Luiz Pires

Cairoli comemora a vitória no GP Brasil e continua líder do Mundial - foto de Luiz Pires

Domínio total. O heptacampeão Antonio Cairoli não deu chances a ninguém no GP Brasil de Motocross, realizado neste domingo (30), em Penha (SC). O piloto italiano, da equipe Red Bull KTM, venceu as duas baterias da categoria MXGP e ampliou a vantagem na liderança do Mundial. Na segunda disputa do dia, sob chuva fina, Cairolli foi primeiro colocado com 5,2 segundos à frente do francês Gautier Paulin, da Monster Energy Kawasaki. Em terceiro lugar chegou o belga Clement Desalle, companheiro de equipe de Gautier. O melhor brasileiro da segunda bateria foi Antonio Balbi Junior, em 20º. Jean Ramos foi 21º; Anderson Cidade, 23º; Thales Vilardi, 24º e Rafael Faria, 27º.

RESULTADOS

1ª bateria MXGP
1º – Antonio Cairoli (ITA) #222
2º – Jeremy Van Horebeek (BEL) #89
3º – Clement Desalle (BEL) #25
4º – Max Nagl (ALE) #12
5º – Evgeny Bobryshev (RUS) #777

2ª bateria MXGP
1º – Antonio Cairoli (ITA) #222
2º – Gautier Paulin (FRA) #21
3º – Clement Desalle (BEL) #25
4º – Jeremy Van Horebeek (BEL) #89
5º – Max Nagl (ALE) #12

MXGP – classificação da etapa – somatória das baterias
1º Antonio Cairoli (ITA) #222 – 50 Pontos
2º Clement Desalle (BEL) #25 – 40 pontos
3º Jeremy Van Horebeek (BEL) #89 – 40 pontos
4º Gautier Paulin (FRA) #21 – 37 pontos
5º Max Nagl (ALE) #12 – 34 pontos

MXGP – classificação atual do campeonato
1º – Antonio Cairoli (ITA) #222 – 142 Pontos
2º – Gautier Paulin (FRA) #21 – 112 pontos
3º – Jeremy Van Horebeek (BEL) #89 – 112 pontos
4º – Clement Desalle (BEL) #25 – 111 pontos
5º – Max Nagl (ALE) #12 – 110 pontos

MX2 – SUÍÇO ASSUME A LIDERANÇA DO MUNDIAL
Arnaud Tonus, da Kawasaki, venceu o GP Brasil de Motocross, em Penha (SC)

Arnaud Tonus, piloto da MX2 no GP Brasil de Motocross, terceira etapa do Mundial de Motocross 2014 - foto de Luiz Pires

Arnaud Tonus, piloto da MX2 no GP Brasil de Motocross, terceira etapa do Mundial de Motocross 2014 - foto de Luiz Pires

A categoria MX2 do Campeonato Mundial de Motocross tem novo líder. Com a vitória no GP Brasil, no parque Beto Carrero World, em Penha (SC), o suíço Arnaud Tonus assumiu a primeira posição na classificação geral. Ele venceu uma bateria e foi segundo na outra.

O piloto da Team CLS Kawasaki Monster somou 47 pontos, e alcançou 112 na pontuação geral. O segundo colocado na primeira etapa brasileira, Glenn Coldenhoff, é também o vice-lider do Mundial. O holandês da Rockstar Energy Euro Suzuki garantiu um quinto e um primeiro lugares para atingir 110 pontos.

O inglês Max Anstie, da Bike It Yamaha Cosworth, foi terceiro colocado na etapa de Santa Catarina. O melhor brasileiro na disputa foi Hector Assunção, em 19º lugar no somatório das duas baterias.

RESULTADOS

1ª Bateria MX2
1º – Arnaud Tonus (SUI) #200
2º – Dylan Ferrandis (FRA) #122
3º – Romain Febvre (FRA) #461
4º – Max Anstie (GBR) #99
5º – Glenn Coldenhoff (HOL) #259

2ª cateria MX2
1º – Glenn Coldenhoff (HOL) #259
2º – Arnaud Tonus (SUI) #200
3º – Tim Gajser (ESL) #243
4º – Max Anstie (GBR) #99
5º – Valetin Guillod (SUI) #91

MX2 – classificação da etapa – somatória das baterias
1º – Arnaud Tonus (SUI) #200 – 47 pontos
2º – Glenn Coldenhoff (HOL) #259 – 41 pontos
3º – Max Anstie (GBR) #99 – 36 pontos
4º – Dylan Ferrandis (FRA) #122 – 33 pontos
5º – Tim Gajser (ESL) #243 – 30 pontos

MX2 – classificação atual do campeonato
1º – Arnaud Tonus (SUI) #200 – 112 pontos
2º – Glenn Coldenhoff (HOL) #259 – 110 pontos
3º – Dylan Ferrandis (FRA) #122 – 107 pontos
4º – Jeffrey Herlings (HOL) #84 – 97 pontos
5º – Romain Febvre (FRA) #461 – 96 pontos

Confira como foi a etapa brasileira do Mundial de MX em 2013:  clique aqui