A habilidade dos pilotos testada ao extremo para transpor difíceis obstáculos

Mundial de Super Enduro é sucesso em estréia no Brasil

Em sua primeira passagem pelo Brasil, o Campeonato Mundial de Super Enduro deixou excelentes marcas. A começar pelo público, um dos maiores da competição, que pela primeira vez aconteceu em um país fora da Europa. Foram mais de 10 mil pessoas nas arquibancadas para acompanhar de perto as disputas emocionantes pelos primeiros lugares.

Arena montada em Belo Horizonte para a etapa brasileira do Mundial de Super Enduro

Arena montada em Belo Horizonte para a etapa brasileira do Mundial de Super Enduro

Na categoria principal, a Prestige, o polonês Taddy Blazusiak foi soberano e venceu duas das três baterias das finais, arrancando aplausos da torcida verde e amarela, por seu estilo único de pilotagem, bastante agressivo e técnico. O espanhol Alfredo Gomez. venceu uma bateria. Blazusiak foi o grande campeão da rodada.

A habilidade dos pilotos testada ao extremo para transpor difíceis obstáculos

A habilidade dos pilotos testada ao extremo para transpor difíceis obstáculos

Nielsen Bueno acelerou forte e encarou os treinos livres e classificatórios, garantindo a difícil vaga para as finais da Prestige. O mineiro disputou bravamente as três provas da final, conquistando o 15º lugar na soma dos resultados após um 14º e dois 15ºs postos, respectivamente.

CONFIRA OS RESULTADOS:

Categoria Prestige
1. Taddy Blazusiak
2. David Knight
3. Alfredo Gomez

Categoria Junior
1. Giacomo Redondi
2. Vinícius Calafati
3. Breno Felner

Categoria Nacional
1. Felipe Carlete
2. Gabriel Badaró
3. Júlio Cesar Zavatti

Leia mais sobre a etapa brasileira do Mundial de Super Enduro:  clique aqui