MundSEnd_2_06_02

Mundial de Super Enduro: veja a lista de brasileiros

É tempo de Carnaval, mas para uma turma que esquenta os motores para um desfile nada fácil e tranquilo pela passarela da velocidade e da habilidade no Mineirinho, o momento é de ansiedade. Nesta sexta-feira foram encerradas as inscrições para a categoria Nacional do Mundial de Super Enduro, no próximo dia 27, na capital mineira e, comprovando o sucesso dos anos anteriores e o crescimento da modalidade no país, não vai haver espaço para todo mundo na bateria decisiva. São 38 pilotos, que lutarão por 16 vagas na disputa que valerá os lugares no pódio. Entre eles, os vencedores em 2014, Felipe Carlette, e 2015, Gabriel Badaró.

MundSEnd_2_06_02Principais feras da modalidade voltam a mostrar sua técnica em Belo Horizonte - Divulgação

Principais feras da modalidade voltam a mostrar sua técnica em Belo Horizonte – Divulgação

A lista dos confirmados justifica perfeitamente o nome da categoria, criada para quem ainda não se sente pronto para encarar os melhores do mundo no Super Enduro. Afinal, sete estados (Minas, São Paulo, Rio, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina e Mato Grosso) estarão representados. A forte presença matogrossense, aliás, é um dos destaques, mostrando que distância não é obstáculo quando o assunto é encarar um circuito com obstáculos artificiais que reproduz, em menos de 400m, as principais dificuldades encontradas nas provas de enduro em recinto aberto.

E uma das novidades é a participação de Thiago Pimenta, o Vermelho, campeão brasileiro de trial, seguindo os passos do craque polonês Taddy Blazusiak, outro que começou na modalidade para se tornar o grande nome do Super Enduro. Em 2014, ele competiu na prova de abertura do Brasileiro de Trial, disputada na área externa do Mineirinho e, no ano passado, enlouqueceu o público ao executar o Backflip (giro de 360 graus sobre o próprio eixo) – foi o primeiro no mundo a conseguir a manobra sobre uma motocicleta própria para o trial. Entre as fabricantes de motos representadas, diversidade também é a ordem, com 11 marcas.

Uma atração a mais para o público estará do lado de fora do Mineirinho. Para tornar a experiência de acompanhar os melhores do mundo sobre duas rodas ainda mais completa, os 18 melhores food trucks de Belo Horizonte vão comercializar suas especialidades gastronômicas – o maior desafio será escolher entre tantas delícias e pratos variados.

Os ingressos (primeiro lote) para o Mundial de Super Enduro estão a venda no site oficial da competição. Os preços que vão de R$ 60 (arquibancada) a R$ 300 (camarote VIP, com camiseta, open bar e visitação dos boxes).

Mundial de Super Enduro – categoria Nacional
Piloto/estado/moto
Adriano Huguet (MG) Honda
Bráulio Lara (MG) Yamaha
Breno Zoffoli (MG) Kawasaki
MundSEnd_1_06_02Carlos Augusto Rodrigues Costa (DF) Gas-Gas
Cícero Luiz Martins (MG) Honda
Cristiano Farah Nascimento (MG) KTM
Daywson Souza (MG) Husaberg
Felipe Carlette (ES) Kawasaki
Gabriel Badaró (MG) Yamaha
Guilherme Farah Nascimento (MG) KTM
Guilherme Trevisan (SP) KTM
Gustavo Furlanetto (MT) KTM
José Paulo Pereira (SP) KTM
João Vítor Ferreira Lima (MG) KTM
Juarez Ribeiro (MT) Honda
Lucas Bretas (MG) KTM
Lucas Queiroz Rocha (MG) KTM
Luiz Felipe de Paula Duarte (SP) Honda
Maicon Winter (MT) Husqvarna
Márcio Toledo Pereira (SP) Honda
Miguel Lambert (MG) Yamaha
Murilo de Assis Silva (MG) KTM
Paulo César Strabelli (SP) Honda
Pedro Bertuol (SC) KTM
Pedro Henrique Lage (MG) KTM
Rafael Santos (GO) Tokens
Rafael Vidigal Lisboa (RJ) Gas-Gas
Renato “Jeca Joia” Furmann (MG) Beta
Ripi Galileu (MG) KTM
Robison Fortes (MG) Honda
Ronald Santi (MG) Honda
Santiago Ferreira (SP) Honda
Saulo Soraggi (MG) Husaberg
Thiago “Vermelho” Pimenta (MG) KTM
Thiago Veloso (MT) Honda
Tiago Resende Teixeira (MG) KTM
Vítor “Peão” Guimarães (MG) Yamaha
Willians Kaufmann (MT) KTM

Separador_motos



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.