Nº de acidentes e mortes cai nas estradas estaduais paulistas

O balanço de acidentes do feriado de Ano Novo realizado pela Secretaria Estadual dos Transportes entre os dias 31 de dezembro e 4 de janeiro deste ano nas rodovias paulistas apresenta números positivos ao indicar redução de acidentes, mortes e vítimas feridas neste ano comparado ao ano de 2007 (entre os dias 28 de dezembro e 1 de janeiro).

Em 2007 foram registrados 1.188 acidentes, superior a 2008 cujo número foi 1.101, representando uma queda de 28,7% sobre o índice de acidente (o índice não é calculado sobre números absolutos, mas fatores que influenciam para o aumento ou diminuição de acidentes e vítimas, como a extensão de cada rodovia, o volume diário médio de veículos, a frota de veículos, o número de dias, autuações e obras realizadas).

A quantidade de vítimas feridas diminuiu em 52,1% sobre o índice de vítimas, pois em 2007 foram 821, contra 511 vítimas este ano. O número de mortes também caiu neste feriado prolongado, passando de 38 registros no ano anterior para 27 este ano – uma redução de 45,3% sobre o índice de mortes.

Balanço do feriado de Natal
Os números registrados durante o Natal também apresentaram queda dos números de acidentes, mortes e vítimas feridas.

Enquanto em 2007 (entre os dias 21 e 25 de dezembro) foram registrados 1.175 acidentes, em 2008 (entre 24 e 28 de dezembro) esse número caiu para 955, representando uma queda de 35% sobre o índice. O número de mortes também caiu, passando de 44 no ano anterior para 34 registrados este ano – uma diminuição de 38,2% sobre o índice. Da mesma forma, o número de vítimas feridas apresentou queda de 40,4%, pois em 2007 houve 770 vítimas, contra 574 em 2008.

Somados os esforços dos órgãos vinculados à pasta: Departamento de Estradas de Rodagem – DER, Dersa Desenvolvimento Rodoviário S/A, Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) – por meio das concessionárias, e também da Polícia Rodoviária Militar, o balanço vem mostrando resultados positivos devido às atividades conjuntas que estão sendo realizadas durante a Operação Verão, que vai até o dia 1º de março. Rigorosa fiscalização de veículos e motoristas, a fim de retirar das estradas carros e motos em más condições, com documentação irregular e, da direção, motoristas que estiverem embriagados, além da maior quantidade de equipamentos e guinchos disponíveis e do aumento efetivo de funcionários, são exemplos de ações realizadas com o objetivo de proporcionar aos motoristas uma viagem segura e tranqüila.