Roberto Castro, piloto da categoria MX Pró na Superliga Brasil de Motocross

Na lama, Marronzinho e Jean Ramos vencem nas categorias MX Pró e MX2 quarta etapa

Roberto Castro, piloto da categoria MX Pró na Superliga Brasil de Motocross

Roberto Castro, piloto da categoria MX Pró na Superliga Brasil de Motocross

PENHA (SC) – A chuva chegou forte neste domingo (26) a Penha (SC), local da quarta etapa da Superliga Brasil de Motocross, e não deu descanso a todos que compareceram ao Beto Carrero World. No entanto, sem desanimar, os pilotos da MX Pró e MX2 foram para a pista de 2.050 metros e enfrentaram uma batalha na lama, com disputas emocionantes. Melhor para João Paulino “Marronzinho”, na MX Pró, e Jean Ramos, na MX2, que souberam levar suas motos até a linha de chegada na primeira posição.

Em virtude das condições da pista, a comissão de prova cancelou todos os warm-ups e a prova Júnior. Já nas categorias MX Pró e MX2, houve apenas uma bateria de cada.

MX Pró
Roberto Castro iniciou a bateria com um holeshot e logo se distanciou dos demais colocados. Jorge Balbi estava logo atrás na vice-colocação. Em um erro, o costa-riquenho caiu e viu Balbi, atual líder da categoria, assumir a primeira colocação. Não demorou muito para Castro  voltar ao topo, agora em equívoco do rival.

Enquanto isso, João Paulino “Marronzinho” levava sua moto com muita cautela na sexta posição. Na primeiras voltas, o competidor parou no pit lane para trocar as luvas e tirar o óculos, que estavam o atrapalhando. Com muita lama na pista, os competidores precisavam ter cuidado redobrado, no entanto, tombos eram frequentes.

Na subida de uma mesa, Roberto Castro caiu, demorou a se levantar e perdeu a colocação. Balbi cometeu erro semelhante e João Paulo Feltz pegou a liderança de bandeja.

Na última volta, foi a vez de Feltz sofrer um tombo, com Balbi o ultrapassando. Porém, o líder do campeonato não teve sorte e caiu. O posto foi para o colo de Marronzinho, que com muito cuidado, levou sua moto a vitória. “É inacreditável. Estava devendo uma corrida como esta. Procurei não me estressar durante a prova e levar a moto até o final. Mantive-me constante e fui premiado com a vitória”, destaca João Paulino “Marronzinho”. Com o resultado, Jorge Balbi segue na liderança da categoria com 153 pontos. Roberto Castro, segundo colocado, possui 149 pontos e Marronzinho, é o terceiro, com 137.

MX2
A bateria da categoria teve início com Rafael Faria realizando uma ótima largada. Logo atrás estava Jean Ramos, Hector Assunção e Adam Chatfield tentando encostar no líder. Em um erro de Faria nas voltas iniciais, Jean o ultrapassou e assumiu a liderança, que posteriormente não largaria mais. Enquanto isso, o atual líder do campeonato, Adam Chatfield, e o vice, Hector Assunção, tentavam alcançar colocações melhores na prova.

Sem dar espaço aos rivais, Jean Ramos abriu uma boa diferença para Faria e recebeu a bandeira quadriculada. Rafael Zenni foi o segundo, seguido de Hector Assunção e Rafael Faria. Adam Chatfield terminou em sexto. “Como em Curitiba o clima é bastante instável, treino normalmente na lama. Aqui estava praticamente em casa e isto fez a diferença. Agora é ir forte para Indaiatuba e tentar o título”, destaca Jean Ramos, vencedor da prova e terceiro colocado na geral com 136 pontos.

Mesmo com o sexto lugar na etapa, Adam Chatfield permanece na primeira posição da categoria com 149 pontos, seguido de Hector Assunção, com 142.