Bosch

Não arrisque sua segurança com peças de qualidade duvidosa

Durante o Salão das Motopeças, que aconteceu entre os dias 17 e 20 de agosto, vimos várias marcas diferentes da mesma peça de reposição para moto. Olhamos algumas delas e encontramos diferenças muito grandes em termos de preço e de qualidade. Como não somos fiscais, cabe-nos alertar a você motociclista consumidor para que avalie bem a peça de reposição que você vai comprar para sua moto, porque você poderá colocar sua segurança em risco.

Conversamos com um dos mais importantes fornecedores de componentes para motos e também fabricante de peças para o mercado de reposição – a gigante alemã Bosch. A ideia é mostrar para você a importância de comprar e utilizar peças de boa procedência, fabricada por empresas que tem preocupação com a qualidade, o que em última análise, é uma preocupação com a sua segurança.

Você já imaginou um sistema eletrônico como a injeção eletrônica de combustível falhar durante uma ultrapassagem em que você está acelerando e tem uma fila de carros atrás de você? Ou quem sabe uma simples corrente de transmissão quebrar na mesma situação? Não importa o item, nem se ele é mais ou menos custoso na sua moto. O que importa é que você deve saber que qualquer item da sua moto envolve a sua segurança quando está no trânsito com ela e, portanto, está diretamente ligado com a sua vida.

Isso não significa que você deva comprar tudo do mais caro ou mesmo apenas peças originais. Há no mercado boas marcas de peças de reposição que não são as marcas fornecedoras originais da sua moto, mas que trazem a preocupação com qualidade e segurança de quem compra e usa. Recomendamos que você preste atenção, compare, questione e decida. Até por isso a Anfamoto busca discutir o assunto para criar uma regulamentação que exija dos fabricantes e importadores um mínimo de qualidade para vender no nosso mercado. Enquanto isso não acontece, não se arrisque.

Separador_pecas



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.