Há um tempo para tudo na vida

Natureza humana dos motociclistas

Há um tempo para tudo na vida

Há um tempo para tudo na vida

Existe algo inexplicável, algo não muito claro para identificar exatamente as razões de tal natureza.

Embora sejamos tão distintos na nossa criação, formação, costume, cútis, credo, profissão, cultura, região de origem, idioma e sotaque na maneira de nos expressarmos, o pouco que temos em comum nos faz tão semelhantes, tão iguais.

Semelhantes a ponto de nos fazer entender e acreditar que ser um verdadeiro motociclista é uma benção do Pai Todo Poderoso, o Guia Chefe dos nossos comboios e universo. Onde, como teus filhos e “estranhas criaturas”, praticamos no nosso motociclismo de moto clubes as melhores virtudes da pessoa humana, pelas quais, e propriamente, devemos preservar e zelar, nos tornando os seus principais guardiões.

Todos nós. Todos os dias. Acreditem que estas palavras e pensamentos não proveem de um simples sonhador ou uma figura de visão ingênua em relação ao nosso movimento, pois embora não valha a dor e o olhar, temos a exata noção que as mazelas existem.

Preferimos dignificar as virtudes, pra que elas sobrepujem todo o resto que não o valha, e que possamos juntos, e na paz, orientar as pessoas sobre o verdadeiro significado e razão de uma irmandade composta por integrantes de moto clubes, que pra muitos, parecem ainda estar à margem da sociedade.

E principalmente, que pra ingressar nesta irmandade, não basta apenas adquirir uma motocicleta, por mais cilindrada e cavalos que elas possam ter.

Que não basta construir um belo projeto gráfico pra ter um brasão que pretenda ser admiravelmente iluminado, e aplicá-lo às costas de um colete ou casaco.

Cabe-nos, a cada um que vive este significado, mostrar-lhes incansavelmente que esta luz, esta luminescência, não provém apenas do desejo de seus empreendedores, por mais bem intencionados eles estejam.

Ela não pode ser concedida por quem quer que seja e sob qualquer pretexto. Ela só pode, e deve, ser conquistada.

Algo semelhante ao brilho próprio de algumas estrelas, conquistado por um evento natural ao seu tempo, com o respeito e comunhão de muitos astros a sua volta, e de todo o universo.

Palavras e pensamentos correlatos, ao olhar o integrante escudado antes de viver este significado, onde perceptivelmente a luz do seu brasão não resplandece no mesmo nível de cumplicidade destas virtudes, como em tantos outros de seus irmãos de mesmo moto clube.

Cada passo a seu tempo.

Tempo pra conquistar uma motocicleta.

Tempo pra conquistar estradas e irmãos.

Tempo pra conquistar uma alma de verdadeiro motociclista.

Tempo pra conquistar a irmandade.

Tempo pra se conquistar um brasão.

Naturalmente, mas tudo ao seu tempo.