Nico Rocha é Bicampeão Paranaense por antecipação

Piloto da equipe Pro Tork Racing Team garantiu o t¡tulo da categoria Open por antecipa‡Æo; outros pilotos da equipe competiram neste final de semana

SÆo Paulo (SP) – A sexta etapa do Campeonato Paranaense de Motocross teve um gosto especial para Nico Rocha, piloto da Pro Tork Racing Team. Ele garantiu, neste final de semana, o t¡tulo da categoria Open da competi‡Æo.  bicampeÆo por antecipa‡Æo j  que os outros pilotos nÆo tˆm mais chances de alcan‡ -lo na pontua‡Æo. J‚ssica Michely, Kurtt Airton e Adrian Cantero tamb‚m disputaram a sexta etapa do estadual que aconteceu em Umuarama (PR). Outra parte da equipe participou da s‚tima etapa do Arena Cross, que aconteceu em Botucatu, interior paulista. Pipo Castro, Massoud Nassar, Jean Ramos, Endrews Armstrong, Stefany SerrÆo e Eduardo Rudnick representaram a Pro Tork.

Nico Rocha mora em Londrina e garantiu, neste final de semana, o Bicampeonato Paranaense de Motocross na categoria Open. Durante as etapas da competi‡Æo, ele disparou na lideran‡a e, a duas etapas da final, j  garantiu a vit¢ria. “A prova foi muito boa. A Open ‚ a minha prioridade no campeonato e eu j  consegui assegurar o t¡tulo. Estou satisfeito com os resultados que venho obtendo”, comemorou Nico que tamb‚m disputou a categoria For‡a Livre Especial e foi o segundo colocado.

Ainda nesta etapa do Paranaense, outros pilotos da Pro Tork Racing Tem marcaram presen‡a. O paraguaio Adrian Cantero fez uma excelente corrida na For‡a Livre Especial. Ele largou mal, estava na pen£ltima coloca‡Æo e, em uma boa corrida de recupera‡Æo, recebeu a bandeirada em terceiro lugar. Kurtt Airton fechou a prova logo atr s de Adrian, com a quarta coloca‡Æo. Ele tamb‚m disputou a 125cc Especial e terminou em nono lugar. J‚ssica Michely foi a representante feminina na disputa. Ela correu a 85cc e subiu ao p¢dio com a terceira posi‡Æo.

Arena Cross – A Pro Tork tamb‚m teve representantes na s‚tima etapa do Arena Cross, em Botucatu, interior paulista. Endrews Armstrong, da Pro Tork Racing Team, liderava a categoria 65cc mas, durante os treinos livres, sofreu uma queda e teve que ser atendido pela equipe m‚dica com uma poss¡vel fratura no pulso. Ele nÆo disputou a bateria. Outros dois pilotos da equipe competiram a 65cc: Eduardo Rudnick conquistou o 6§ lugar e Stefany SerrÆo foi a 9¦ colocada.

A disputa da MX1 tamb‚m contou com representantes da Pro Tork. O patrocinado pela marca Cristopher “Pipo” Castro garantiu a prata e segue com a vice-lideran‡a da categoria. O mineiro Massoud Nassar, atual campeÆo paulista, foi o quinto colocado e Jean Ramos, que sofreu uma queda, terminou com a 13¦ posi‡Æo.