Foto: Kurtt Rocha ‚ sexto na MX2

Nico Rocha vence a 4ª etapa do Brasileiro de Motocross

Foto: Kurtt Rocha ‚ sexto na MX2

Foto: Kurtt Rocha ‚ sexto na MX2

Paranaense da Pro Tork Racing Team foi o grande destaque na categoria MX3 na prova disputada neste domingo em Cachoeiro de Itapemirim (ES); time preto e amarelo ainda chegou ao p¢dio com Eduardo Rudnick na 65cc e Pipo Castro na MX1

SÆo Paulo (SP) – Nicomedes da Rocha, o Nico, foi o grande destaque da Pro Tork Racing Team durante a disputa da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, realizada neste domingo na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no Espirito Santo. O piloto de Londrina deu show para vencer a categoria MX3 e ficou mais perto de Milton Becker, o Chumbinho, na briga pelo t¡tulo. A equipe ainda comemorou a terceira coloca‡Æo de Eduardo Rudnick na 65cc e o quinto lugar de Christopher “Pipo” Castro na MX1.

Experiˆncia e muita ra‡a foram fundamentais para a vit¢ria de Nico Rocha, de 37 anos, na categoria MX3, destinada a pilotos com mais de 35 anos. Ele largou na terceira coloca‡Æo e logo assumiu a ponta. “A moto correspondeu muito bem e consegui o primeiro posto muito r pido”, contou. Mesmo sofrendo uma queda, o paranaense nÆo perdeu o foco e venceu a disputa. “Depois que ca¡, andei uma volta respirando e, na seqˆncia, fui para cima e reassumi a dianteira. A partir da¡ nÆo larguei mais”, comemorou. Com o triunfo, Nico a 70 pontos e mant‚m a vice-lideran‡a do torneio. Milton Becker lidera com 81 pontos.

Na 65cc, Eduardo Rudnick foi o destaque da Pro Tork Racing Team. O paranaense ficou com a terceira coloca‡Æo e, com o resultado, subiu para o quarto posto na classica‡Æo geral do campeonato com 39 pontos, dez a menos que o l¡der e vencedor da etapa C‚sar Zamboni. “A pista ‚ muito boa e consegui fazer uma corrida legal de recupera‡Æo, pois nÆo larguei muito bem”, disse o piloto de 11 anos. Endrews Armstrong abandou a bateria por contusÆo. O ex-l¡der da categoria trincou um dedo da mÆo esquerda nos treinamentos do s bado e nÆo conseguiu completar a disputa deste domingo. Com a desistˆncia, ele caiu para sexto, com os mesmos 32 pontos.

Na MX1, Christopher “Pipo” Castro, atleta patrocinado pela Pro Tork, marcou presen‡a no p¢dio. O catarinense completou a bateria na quinta coloca‡Æo e assumiu a sexta posi‡Æo no campeonato (35 pontos). “Estou muito feliz com o resultado e, principalmente, com o p¢dio. Quero manter esta seqˆncia para tentar completar a temporada entre os cinco melhores”, disse Pipo. Integrante da equipe, o mineiro Massoud Nassar ficou em sexto e seu companheiro, o paraguaio Adrian Cantero, completou a prova em 16§. Agora, na classifica‡Æo geral, Massoud ‚ s‚timo (33 pontos) e Adrian ‚ nono (24 pontos). Ant“nio Jorge Balbi J£nior venceu a bateria e ampliou sua vantagem na lideran‡a do Brasileiro com 75 pontos.

O paranaense Kurtt Rocha ficou com a sexta coloca‡Æo na MX2, antiga 125cc. Segundo ele, o forte calor o prejudicou durante a disputa. “Perto da metade da prova parecia que estava uns 50 graus e foi bem complicado manter a pegada”, disse o piloto, que com o resultado, chegou a s‚tima posi‡Æo no geral (29 pontos). Jean Ramos, seu companheiro, ficou em nono e agora ocupa o oitavo posto na classifica‡Æo com 28 pontos. Leandro Nunes da Silva venceu a quarta etapa e manteve a lideran‡a com 90.

Estreantes – A quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, em Cachoeiro de Itapemirim, marcou a estr‚ia de duas meninas pela Pro Tork Racing Team. J‚ssica Michely, que j  havia sido apresentada pelo time e corrido provas no Paranaense, encarou a bateria da categoria 85cc e completou o desafio na 13¦ coloca‡Æo, chegando a 15¦ posi‡Æo na classifica‡Æo geral com 10 pontos. Contratada na £ltima semana, Stefany SerrÆo tamb‚m andou no Esp¡rito Santo e cumpriu com a sua meta. Ela fechou a bateria da 65cc no 10§ lugar e ocupa o 16§ posto na tabela com seis pontos.

Resultados – MX3 – 1§) Nico Rocha – (piloto Pro Tork Racing Team)
2§) Alexandro Valerim
3§) Mariana Balbi
4§) Leonardo Muller
5§) M rio L£cio Dias

65cc – 1§) C‚sar Zamboni
2§) Everaldo Rodrigues
3§) Eduardo Rudnick (piloto Pro Tork Racing Team)
10§) Stefany SerrÆo (piloto Pro Tork Racing Team)
Dnf) Endrews Armstrong (piloto Pro Tork Racing Team)

MX1 – 1§) Antonio Jorge Balbi J£nior
2§) JoÆo Paulino da Silva J£nior
3§) Roosevelt Assun‡Æo
5§) Christopher “Pipo” Castro – (piloto patrocinado pela Pro Tork)
6§) Massoud Nassar – (piloto Pro Tork Racing Team)
16§) Adrian Cantero – (piloto Pro Tork Racing Team)

MX2 – 1§) Leandro Nunes da Silva
2§) Wellington Garcia
3§) Lucas Moraes
6§) Kurtt Rocha – (piloto Pro Tork Racing Team)
9§) Jean Ramos – (piloto Pro Tork Racing Team)

85cc – 1§) Eduardo F. Lima
2§) Gabriel Montenegro
3§) Rodrigo Rodrigues
13§) J‚ssica Michely – (piloto Pro Tork Racing Team)