Nielsen vence de novo e abre vantagem na briga pelo título do Brasileiro de Cross-Country

Passadas apenas duas etapas do Campeonato Brasileiro de Cross Country, o piloto mineiro Nielsen Bueno já é apontado como o grande favorito para ficar com o título de 2009 na categoria XC1. Ele, que já havia vencido a etapa de Jarinú, faturou neste fim de semana (04 e 05 de abril) a segunda etapa do campeonato, que aconteceu em Hidrolândia, GO.

Para conquistar a vitória, ele teve que superar Paulo Stédile, que já foi campeão brasileiro de motocross e terminou na segunda colocação. Além disso, teve que demonstrar muita habilidade no percurso construído na área do lago municipal. Eram quatro quilômetros de percurso, combinando trechos de motocross, trilhas em mata fechada e estradas. Na terceira colocação, ficou Stéfano Martins.

Na XC2, a vitória ficou com Wolney Ferreira de Lima. O piloto venceu com uma volta de vantagem sobre o segundo colocado Ripi Galileu, dando um verdadeiro show na prova. A etapa foi marcada pela ausência de Rômulo Bottrel, que havia vencido em Jarinú. O piloto preferiu competir no Campeonato Mineiro de Motocross, que aconteceu em Santa Luzia.

Leonardo Brito Ferreira e Francisco José Marino travaram um duelo emocionante na Over. Os dois disputaram palmo a palmo a prova mas, no final, Leonardo conquistou a vitória com pouco mais de um segundo de vantagem sobre seu rival.

Na Nacional A, Giovanni Galzerano conquistou a vitória e assumiu a liderança do campeonato, já que havia sido terceiro colocado em Jarinú. Na B, quem venceu foi Maximilliano Souza. Caio Ramos foi segundo e Wellington Andrade, o terceiro. O Campeonato Brasileiro de Motocross será disputado em seis etapas. A terceira será no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho.