Nipônicas renovadas

Nipônicas renovadas

Nipônicas renovadas

Suzuki lan‡a nova linha Bandit no Brasil. Modelos ganharam novidades na parte mecƒnica e cicl¡stica para atrair novos consumidores

A Suzuki apresentou no dia 5 de maio, em SÆo Paulo, os novos modelos da linha Bandit, que incluem as nakeds 650 e 1250, al‚m das semi-carenadas 650S e 1250S, voltadas para o mototurismo. Com modifica‡äes na parte mecƒnica e cicl¡stica, os quatro modelos da bem sucedida fam¡lia estÆo muito mais modernos e atraentes. A inten‡Æo, segundo JoÆo Toledo, da JToledo Suzuki Motos do Brasil, ‚ vender 480 motocicletas por mˆs, sendo 120 unidades de cada versÆo. Para a linha 2009, a montadora nip“nica separou uma s‚rie de novidades para seus clientes.

Os motores, por exemplo, sÆo totalmente novos. Os antigos carburadores agora dÆo lugar agora a um moderno sistema de inje‡Æo eletr“nica digital SDTV (Suzuki Dual Throttle Valve) fabricado especialmente para a Bandit. Sua principal caracter¡stica ‚ ter duas v lvulas de borboleta, uma controlada pelo manete do acelerador e a outra pelo sistema eletr“nico de gerenciamento do propulsor. Como resultado, segundo a Suzuki, a entrega de potˆncia est  mais precisa, “sem folgas” na acelera‡Æo.

Mais torque – Outro destaque do conjunto mecƒnico est  no aumento da capacidade c£bica da versÆo mais “turbinada”. Agora sÆo 1.255 cmü, ante os 1.157 cmü da antiga. Apesar da potˆncia se manter a mesma (98 cv a 7.500 rpm), o torque m ximo (11,01 kgf.m) ‚ atingido em uma faixa de rota‡Æo menor (a 3.700 rpm), o que melhorou as retomadas de baixa para alta velocidade.
J  na m‚dia cilindrada da Suzuki a potˆncia passou de 78 cv a 10.100 rpm para 85 cv a 10.500, com a capacidade c£bica mantida em 656 cmü. Em ambas as versäes a arquitetura tamb‚m nÆo foi alterada e permanece a de 4 cilindros em linha com 16 v lvulas DOHC. No entanto, a refrigera‡Æo passou a ser l¡quida, mais eficiente que o sistema anterior feito a ar.
Visualmente, nas duas versäes, o motor ‚ ligeiramente mais compacto. Essa caracter¡stica foi poss¡vel, tamb‚m, gra‡as … montagem dos eixos de transmissÆo, agora colocados de forma vertical. Outro dado interessante est  no sistema de balanceador secund rio desenvolvido pelos engenheiros japoneses. Seu papel ‚ diminuir o n¡vel de ru¡do e as vibra‡äes geradas pelo motor em funcionamento.
Completam o conjunto mecƒnico o cƒmbio de seis velocidades (uma a mais que antiga) com acionamento hidr ulico e a transmissÆo final feita por corrente.

Cicl¡stica – Na parte cicl¡stica a Suzuki separou poucas novidades. O quadro em ber‡o duplo feito em tubos de a‡o foi refor‡ado em 15% e est  mais resistente a tor‡äes. Diferentemente da Bandit 1250, a versÆo de 650 cmü oferece uma facilidade a mais para o condutor, j  que tem a altura do assento (770 mm) regul vel em at‚ 20 mm. O guidÆo tamb‚m pode ser ajust vel em at‚ 10 mm, de acordo com o gosto e estilo de pilotagem do motociclista.

As suspensäes permanecem com a mesma configura‡Æo, sendo que na dianteira os modelos saem equipados com um garfo telesc¢pico de amortecimento hidr ulico e possibilidade de ajustes na pr‚-carga da mola. J  na traseira o sistema usa uma balan‡a monoamortecida com ajustes na pr‚-carga da mola e na for‡a do retorno. Na Bandit 650 os discos do freio dianteiro passaram de 290 mm para 310 mm, mesma configura‡Æo de sua “irmÆ” maior. Atr s ambas utilizam um disco simples de 240 mm de diƒmetro mordido por uma £nica pin‡a deslizante. Rodas de 17 polegadas em todas as versäes completam o conjunto cicl¡stico destas belas nip“nicas da Suzuki.

A nova linha 2009 da Bandit j  est  dispon¡vel em toda rede de concession rias Suzuki com pre‡os que variam de R$ 31.151 a R$ 32.709 para as versäes 650 e 650S, respectivamente, e de R$ 37.174 (naked) a R$ 39.033 (semi-carenada) para a versÆo de 1250 cmü. Dispon¡vel nas cores preta, azul e vermelha, a nova linha chega para concorrer com modelos como as Honda Hornet e CB 1300 Super Four, al‚m das Yamaha FZ6S e FZ6N e TDM 900.