Foto: Nivaldo Viana tem definida sua estratégia para dar o título à 2B Duracell Racing e à Mormaii

Nivaldo Viana e Anderson Amaral estão próximos de conquistar os títulos

Foto: Nivaldo Viana tem definida sua estratégia para dar o título à 2B Duracell Racing e à Mormaii

Foto: Nivaldo Viana tem definida sua estratégia para dar o título à 2B Duracell Racing e à Mormaii

Pilotos patrocinados pela Mormaii buscam a consagração nas categorias CRF-230 e MXJR neste fim de semana, em Poços de Caldas

Nivaldo Viana está muito perto de conquistar o título da Superliga Brasil de Motocross na categoria CRF-230 neste fim de semana, 20 e 21 de novembro. O piloto da 2B Duracell Racing, equipe patrocinada pela Mormaii, poderá cruzar a linha de chegada em sexto lugar e mesmo assim será o campeão da temporada na estreia do campeonato.

A sétima e última etapa da Superliga de Motocross será realizada em Poços de Caldas, Minas Gerais, e Viana já tem definida a estratégia que utilizará para dar o título à equipe em seu primeiro ano de 2B Duracell Racing. “Vou me preservar na prova. Tenho uma boa vantagem e irei me precaver para não jogar fora todo o trabalho de um ano”, determina.

“Mas, isso não quer dizer que vou deixar de buscar a vitória na prova. Meu intuito é ganhar e conquistar meu primeiro título para a equipe 2B Duracell Racing e, em conjunto, para a Mormaii, que me apoiou durante toda a temporada”, aponta Viana.

Na vice-liderança da categoria MXJR, Anderson Amaral está somente a quatro pontos do líder Endrews Armstrong. O piloto patrocinado pela Mormaii, que já venceu dois campeonatos na temporada, quer ampliar sua coleção de troféus e vai em busca da terceira taça em 2010.

“Meu objetivo nesta última prova é tirar a vantagem que o líder tem, portanto, vou dar o meu máximo. Não haverá meio termo, vou para cima e quero ser campeão”, garante o jovem atleta.

Gustavo Amaral também confirmou sua participação na prova que encerra o campeonato. O piloto disputou somente três das seis etapas disputadas até o momento e está fora da briga pelo título na MX2. Porém, ele quer aproveitar a prova para ganhar experiência e dar início à pré-temporada 2011.

“Aproveitamos a semana para acertar a moto e treinar bastante. Eu e meu irmão (Anderson) treinamos bastante com a moto nos últimos dias e, para mim, a etapa em Poços de Caldas servirá como um bom treino para a pré-temporada”, define o piloto.

Ausências
Antônio Jorge Balbi Júnior ocupa a quinta posição na MX1 e o terceiro lugar na MX2 mesmo tendo ficado de fora de três etapas da competição. O piloto mineiro, que venceu as duas categorias em Canelinha, Santa Catarina, entretanto, deixará de participar da final em Poços de Caldas. Balbi fraturou o dedo da mão direita na etapa de Gênova do Europeu de Supercross e encara 15 dias em recuperação.

Cristopher “Pipo” Castro também fica de fora da competição. O piloto catarinense se recupera de uma úlcera de córnea e será mais uma ausência de pilotos patrocinados pela Mormaii na categoria MX1 da Superliga Brasil de Motocross.

Classificação geral:

CRF-230
1º) Nivaldo Viana – 114 pontos
2º) Ismael Rojas – 98 pontos
3º) Murilo Tomazelli – 51 pontos
4º) Marcelo de Souza – 48 pontos
5º) Anderson Chupel – 45 pontos

MXJR
1º) Endrews Armstrong – 112 pontos
2º) Anderson Amaral – 108 pontos
3º) Gustavo Pessoa – 67 pontos
4º) Diego Hening – 60 pontos
5º) Leonardo Lizzot – 49 pontos

MX1
1º) Swian Zanoni – 88 pontos
2º) João Paulino – 83 pontos
3º) Leandro Silva – 83 pontos
4º) Marcello Lima – 67 pontos
5º) Jorge Balbi Júnior – 53 pontos
15º) Cristopher “Pipo” Castro – 20 pontos
26º) Higor Passos – 1 ponto

MX2
1º) Swian Zanoni – 105 pontos
2º) Marcelo Lima – 59 pontos
3º) Jorge Balbi Júnior – 54 pontos
4º) Jean Ramos – 51 pontos
5º) Hector Assunção – 47 pontos
23º) Gustavo Amaral – 6 pontos (piloto patrocinado Mormaii)
31º) Higor Passos – 2 pontos