EndIndGarotas_1_21_07

No Enduro da Independência 2014 mulher não paga inscrição

Se depender dos organizadores, a edição 2014 do Enduro da Independência, a prova de regularidade mais tradicional do Brasil, será a mais florida com a presença delas. Como incentivo, a diretoria do Trail Clube de Minas Gerais (TCMG), decidiu oferecer gratuitamente a inscrição para todas as mulheres que participarem da competição, que larga em Mariana (MG) dia 4 de setembro e chega em Vitória (ES) no feriado dia 7, pernoitando em Manhuaçu (MG) e Venda Nova do Imigrante (ES).

Para Alynne Almeida, participar da prova será a realização de um grande sonho

Para Alynne Almeida, participar da prova será a realização de um grande sonho

Para Alynne Almeida, piloto de Curitiba (PR) o incentivo dos organizadores é importante e vale a pena todos os sacrifícios. “É bem legal, pois em uma prova de quatro dias o custo não é baixo, mas trata-se da maior prova do Brasil, a mais difícil, e todo investimento vale a pena” disse Alynne.  Ela revela ainda que será a realização de um sonho participar pela primeira vez do Independência. “Desde 2008, quando foi lançada a categoria, eu nem andava de moto, mas achei super bacana e sempre quis participar”, completou. A piloto paranaense tem 28 anos e foi incentivada a competir pelo marido, Cassios Fernandes, que também participa do evento.

“Criamos quatro tipos de planilhas com médias horárias diferentes, de acordo com a experiência e idade de cada piloto”, disse Teo Mascarenhas, diretor de comunicação do TCMG. A categoria feminina terá a mesma média da Novato, Over 55 e Dupla Estreante, revelou.

A categoria Master, que é a principal e reúne a elite do Enduro brasileiro, terá uma planilha exclusiva, com médias mais exigentes, que prometem valorizar o campeão geral do Enduro da Independência. As categorias Sênior, Over 40 e Over 45, terão médias um pouco inferiores. E as classes Junior, Over 50 e Dupla Graduada também terão sua planilha específica.

Para o diretor de Enduro do TCMG, Ronald Santi, a intenção é deixar a disputa mais homogênea. “É importante para os pilotos competirem em condição de igualdade, por isso não medimos esforços para tornar o enduro da Independência cada vez mais competitivo e valorizado”, disse o dirigente. Outra novidade é a criação da categoria Adventure, destinada aos proprietários de motos Big Trail e que terá um trajeto específico para moto turistas que desejam acompanhar as paisagens e curtir todo o rally paralelo da organização.

As inscrições e/ou informações para a 32ª edição do Enduro da Independência estão no segundo lote e continuam abertas através do site do evento ou pelos telefones 31-3281-0717 e 9202 2300.