Foto: Divulga‡Æo Honda

Nova Honda POP 100, popular em todos os sentidos

Disponível em quatro cores, mas a vermelha tem o banco na mesma cor da moto; as outras tem o banco preto

Disponível em quatro cores, mas a vermelha tem o banco na mesma cor da moto; as outras tem o banco preto

A Honda dá mais um passo importante para a democratização do transporte próprio e lança a POP 100, concebida sob o conceito “Motocracia Honda”, que traduz o objetivo da marca de atender às expectativas de um número cada vez maior de consumidores. O modelo, que tem características reforçadas pela categoria “Family” – sinônimo de versatilidade, independência de locomoção e prazer ao pilotar -, estará  disponível em versão única, com quatro cores – preta, vermelha, amarela e azul – a partir de fevereiro em toda a rede de concessionárias.

Projetado para um público amplo e diversificado, que deseja um veículo para todas as situações diárias – seja para trabalhar, estudar, fazer compras ou passear – o modelo é a alternativa ideal para quem valoriza eficiência e funcionalidade, tanto nos centros urbanos, quanto nas cidades do interior, sem abrir mão da qualidade e confiabilidade da marca.

Mais uma opção acessível e com relação custo-benefício altamente atraente, é equipada com o resistente e compacto motor OHC (Over Head Camshaft), consagrado por sua aplicação em mais de um milhão de unidades da C100 Dream e da C100 Biz e mantém a mesma economia e baixa manutenção, tão apreciadas. O novo modelo é mais um integrante da categoria “Family”, segmento consolidado no País desde o lançamento da C100 Dream (1992) e que contribuiu para a maior difusão do veículo de duas rodas junto à sociedade.

POP 100: diferente de tudo o que você conhece

POP 100: diferente de tudo o que você conhece

O nome “POP” não foi escolhido por acaso, além de ser de fácil pronúncia e com duplo sentido: POP, que remete à modernidade e jovialidade, e popular, que transmite a ideia de um veículo acessível a grande parte da população, características presentes no novo modelo da marca, que ser produzido na fábrica instalada no Pólo Industrial de Manaus (AM), o PIM.

Basta o consumidor olhar a POP 100 para perceber que todos os componentes transmitem as sensações de segurança e de facilidade ao pilotar, aliadas ao design inédito e diferenciado. Nos detalhes, apresenta soluções funcionais, que refletem o estilo prático para o cotidiano.

Com conjunto harmônico e moderno, a motocicleta será comercializada nas cores preta, amarela e azul, com assentos na cor cinza, e vermelha (com assento também em vermelho), tornando-a ainda mais jovial. Outras características ressaltam o design, como é o caso do logotipo POP 100, aplicado no assento, e da “Asa”, localizada à frente da carenagem.

O painel de instrumentos, de fácil leitura e visualização, conta com velocímetro e luzes indicadoras. Já o conjunto óptico possui farol com lâmpada de 32 W, facilitando a pilotagem noturna. Dotada de carenagem compacta, possui pára-lama dianteiro alto e curso das suspensões adequadas ao “trail” urbano, superando com desenvoltura as irregularidades de piso.

Conforto tanto para o piloto quanto para o garupa é um dos pontos fortes da POP 100, que tem combinação de rodas dianteira de 17 polegadas e traseira de 14 polegadas, além de assento amplo e largo, com altura de 749 mm do solo, facilitando o acesso e contribuindo para o controle do piloto. O assento é basculante e dá acesso ao para o abastecimento e a uma eventual manutenção da parte elétrica.

Os piscas traseiros integrados à lanterna asseguram boa luminosidade, proporcionando segurança e o guidão alto e largo facilita o controle na pilotagem. De mecânica e manutenção simples, o compacto motor OHC (Over Head Camshaft) é monocilíndrico, de 4 tempos, com comando de válvulas no cabeçote, faz da POP 100 uma motocicleta  ágil e de excelente torque. Robusto e durável, o motor de 97,1 cm³ gera respostas rápidas e alcança potência de 6,5 cv a 8.000 rpm e torque máximo de 0,72 kgf.m a 5.000 rpm.

Com partida a pedal, traz câmbio de quatro marchas e embreagem tipo multidisco em banho de óleo, que faz com que seu engate seja suave. A POP 100 tem carburador com 14 mm de diâmetro de venturi e sistema de ignição CDI (Ignição por Descarga Capacitiva), que determina por meio de um sensor de pulso o momento exato para liberação da centelha de vela. Isso confere maior rendimento na combustão e minimiza a necessidade de manutenção.

O conjunto de suspensões foi ajustado para ser resistente mesmo em condições adversas. A dianteira é telescópica, com 100 mm de curso, e a traseira tem dois amortecedores com curso de 83 mm. O conjunto absorve bem as irregularidades dos vários tipos de piso. Seu chassi monobloco foi construído em tubos de aço, assegurando resistência estrutural, robustez e melhor dirigibilidade ao condutor. Os da POP 100 são a tambor nas duas rodas, com 110 mm de diâmetro tanto na dianteira quanto na traseira, que garantem frenagens progressivas e seguras. Localizado sob o assento, o tanque de combustível tem capacidade para 4 litros e proporciona boa autonomia. Traz ainda bateria selada, de maior vida útil e isenta de manutenção.

Os pneus do tipo 60/100 – 17M/C 33L (dianteiro) e 80/100 – 14M/C 49L (traseiro) possibilitam uma excelente dirigibilidade, estabilidade e segurança. Toda a linha de motocicletas Honda já  está em conformidade com as normas previstas pela segunda fase do PROMOT (Programa de Controle de Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), atendendo à resolução nº 342, de 2003, do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), que prevê a redução gradativa da emissão de poluentes de motocicletas, motonetas e ciclomotores.

A Honda POP 100 estará em todas as concessionárias do País com preço público sugerido de R$ 3.990,00 (base no Estado de São Paulo), sem despesas de frete e seguro. A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.