Novas motos Honda Biz 125, Shadow 750 e CG 150 Titan

Novas motos Honda Biz 125, Shadow 750 e CG 150 Titan

Pense na seguinte situação. A líder de mercado vê seus produtos venderem mais que seus concorrentes em quase todos os segmentos. Percebe também que todos estão razoavelmente atualizados tecnologicamente em relação ao que está disponível. Acompanha os movimentos da concorrência e não sente efeito significativo nos seus excelentes números de venda ocasionados por estes movimentos. Esta é a (invejável) situação da Honda.

Com base nessa realidade, a empresa trabalha para continuar apresentando novidades ao mercado dentro se sua vasta linha de modelos, que tiveram poucas mudanças.

A nova Honda Biz 125 Flex: uma boa tacada da Honda - 179.734 unidades produzidas entre Jan e Nov

Contudo, novidade é a “mola-mestra” que movimenta os negócios em qualquer segmento de mercado e a Honda juntou a Shadow 750, Biz 125 e CG Titan 150 para mostrar mudanças em duas das três motocicletas apresentadas.

O adesivo Flex na Biz 125: alinhada com o meio-ambiente

A apresentação foi em um resort numa praia de Florianópolis no final de novembro e propiciou um test-ride nas Shadow e Biz pelas estradas dos arredores. Foi solicitado que as reportagens só fossem divulgadas junto com o primeiro rojão da virada de 2011 – data de embargo –  expediente comum entre fabricantes quando o calendário os obriga a fazê-lo sob pena de colocar em risco toda a estratégia de marketing e vendas.

Frente à vasta linha, o pouco peso das mudanças, deixou no ar uma sensação de que a Honda aproveitou a convenção anual de concessionárias para em seguida reunir a imprensa e mostrar os dois modelos, já que nada de mais expressivo foi divulgado pela líder no segundo semestre de 2010. Consideramos que mais novidades possam vir ainda no primeiro semestre de 2011.

A Nova Honda Biz 125

Para 2011 a Biz virá com uma nova ergonomia que imprime melhor posicionamento ao piloto. Ele fica numa posição mais natural e o garupa agora passa a contar com pedaleiras afixadas no chassi, livre das vibrações da roda traseira como era antes.

A nova Biz recebeu guidão mais alto e novo escudo com lanternas redesenhadas Novas lanternas dos piscas se destacaram para maior visibilidade

A lanterna traseira foi modificada com os piscas fora do conjunto ótico principal para dar maior visibilidade e dar um visual mais moderno.

O sistema mix agora foi aplicado na Biz foi aperfeiçoado. Ele aceita tudo que está entre álcool puro e gasolina pura, nas muitas e diferentes proporções de mistura. Assim também variam a potência, torque e consumo, já que para cada combustível e em cada proporção tem um valor específico para os três itens de desempenho. O que passa a valer como referência é o Km/R$ (quilômetro por Real), ou seja, quantos quilômetros se roda com R$1,00. Pode-se inverter a equação e obter quanto custa cada quilômetro rodado (R$/km). Assim ao variar o preço da gasolina ou do álcool a sua decisão muda de acordo com a maior economia possível.

Nova Shadow 750

Foi apresentada também a nova custom 750 da marca, com modificações que facilitam conduzí-la. Num estilo mais “Sportster”, ganhou roda aro 21″ e pneu mais fino na frente. Ficou com o guidão mais confortável também.

A nova Shadow tem um estilo mais "Sportster" e um novo guidão - 1.425 unid. produzidas entre Jan e Nov

O grande radiador na frente do motor ficou mais aparente, coisa que os “puristas” não aprovam muito. Mas as vantagens que o motor e o condutor percebem, com menos variação da temperatura interna do motor e a menor irradiação ao corpo do piloto fazem diferença no clima quente do nosso pais.

A Shadow 750 para 2011 tem pedaleiras convencionais e um novo banco, mais anatômico A roda dianteira diferente na Shadow 2011: mais equilíbrio

Permitindo andar com mais liberdade de movimentos, a nova frente além de cumprir com uma escola de estilos um pouco mais “rebelde” do que a anterior mais clássica, dá um toque de leveza ao aspecto geral da moto. E no rodar se percebe um melhor controle nas velocidades baixas, sem perder nas outras condições de uso.

As antigas plataformas foram substituidas por pedaleiras bastante avançadas que funcionam bem com o novo banco “banana”, mais anatômico. Completa o novo visual da motocicleta o pára-lama traseiro, menor e mais harmônico. O modelo está disponível nas cores preta e vermelha metálica, ao preço público sugerido de R$ 28.880,00 para a versão Standard e R$ 31.880,00 para a versão C-ABS.

CG 150 Titan

Em 2010 a Titan já se aproximava do estilo da CB 300 e continua com o mesmo visualEm 2011 todas as motos Honda Titan terão freios a disco de dois pistões

Das CG 150 Titan Mix foram produzidas 146.850 unidades entre janeiro e novembro. Para 2011 continuam com o mesmo visual de 2010 lembrando bastante a CB 300 e a Hornet, tem os piscas integrados no corpo da motocicleta, compondo linhas mais homogêneas. O sistema do PGM-FI continua podendo receber os combustíveis em qualquer proporção de álcool ou gasolina e todas agora vem com freio a disco de dois pistões na roda da frente.

Galeria de fotos

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.

Outras matérias relacionadas: