ducati-motor-v4-1

Novo motor V4 da Ducati gera 210 cv

Desmosedici Stradale. Este é o nome e sobrenome do novo motor da Ducati, apresentado pela marca após muitos meses de especulações e conversas de bastidores. Desde o início do ano falava-se em um novo propulsor para a linha esportiva da marca, a fim de aposentar os motores em formato L2, empregados pela italiana há vários anos, até que recentemente a empresa tornou público seu novo produto.

O V4 Desmosedici Stradale traz um novo marco para a família de esportivas da Ducati, substituindo o característico motor em L2

O V4 Desmosedici Stradale traz um novo marco para a família de esportivas da Ducati, substituindo o característico motor em L2

O motor deriva do protótipo da Ducati na MotoGP, adotando a tecnologia que a marca põe em prova no Mundial de Motovelocidade. Assim, o Desmosedici Stradale recorre à estrutura das motos de competição, com um v4 com os quatro cilindros a 90º, e que gera nada menos do que 210 cv de potência máxima, a 13 mil rpm, e 12,2 kgf.m de torque, disponível pouco antes dos 12 mil giros. Os cilindros têm 81 mm de diâmetro, mesma dimensão empregada na MotoGP, e curso de 53,5 mm.

Novo motor foi apresentado pela Ducati recentemente, durante a passagem da MotoGP por Misano - que teve duas Ducati no pódio

Novo motor foi apresentado pela Ducati recentemente, durante a passagem da MotoGP por Misano – que teve duas Ducati no pódio

Mesmo com suas origens na pista, a Ducati afirma que o motor tem sido projetado para o uso ‘civil’, em estradas (daí o nome), e que acelerará sem vibrações demasiadas até os 14 mil rpm. Por isso também, terá 1.103 centímetros cúbicos – mas os rumores tratam de que a marca fará uma segunda versão, a ‘R’, com menos de 1.000 cc e com capacidade de trabalhar em giros mais altos, para ser utilizada no Mundial de Superbike.

Câmbio Quickshift, sistema Desmodrómico e 210 cv. Em breve estaremos diante de mais uma obra de arte italiana

Câmbio Quickshift, sistema Desmodrómico e 210 cv. Em breve estaremos diante de mais uma obra de arte italiana

O motor V4 utiliza o sistema Desmodrómico de acionamento das válvulas, essencial para que a Ducati consiga utilizar as árvores de comando com o perfil que já vem empregando. Além disso, trabalhará em conjunto com o sistema de embreagem deslizante e câmbio quickshift de seis marchas – que também pode trocar as marchas com o movimento oposto e sem a necessidade de acionar a embreagem.

Mas… em qual moto o novo motor Desmosedici Stradale V4 será apresentado? Qual chassi será desenvolvido para o melhor desempenho junto deste propulsor baseado no protótipo da MotoGP? Perguntas como esta serão respondidas apenas em novembro, no EICMA (Salão de Milão) 2017, quando o lançamento acontecerá oficialmente. Quem sabe, com sorte, poderemos ver a novidade aqui no Brasil durante o Salão Duas Rodas, que ocorre no mesmo mês. Vamos torcer.

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.