motogp-2_slideshow_169

Números do Grande Prémio de Aragón

259 – Casey Stoner tem 259 pontos no Campeonato ao fim das primeiras treze corridas do ano, mais dez do que Dani Pedrosa alcançou em 2008, que foi o anterior recorde de pontos para um piloto da Honda durante a época das 800cc no MotoGP.

117 – Colin Edwards e Valentino Rossi já estiveram na linha de partida de 117 corridas com máquinas da Yamaha. O único piloto que vez mais partidas na Classe Rainha numa Yamaha do que estes dois pilotos foi Norick Abe, com 143 (107 x 500cc, 36 x MotoGP).

100 – No Grande Prémio de Aragón, Randy de Puniet poderá fazer a sua 100ª partida em MotoGP. Ele será o primeiro francês a alcançar este número de partidas na Classe Rainha. De Puniet estreou-se na categoria de MotoGP na corrida inaugural de 2006, em Jerez, e apenas quebrou o recorde de presenças em todas as partidas ao falhar a corrida em Laguna Seca no ano passado, depois de uma queda na Alemanha.

95 – Espanha é o país que recebeu mais Grandes Prémios: este será o 95º Grande Prémio que se irá realizar em Espanha. Esta lista inclui o Grande Prémio de Aragón, Espanha, Catalunha, Valência, Madrid, Europa, FIM e Portugal.

61.5% – Marc Marquez venceu 16 das últimas 26 corridas em que participou nas categorias de 125cc e de Moto2, sendo que o primeiro triunfo aconteceu no Grande Prémio de Itália do ano passado. Isto representa uma percentagem de 61,5% de vitórias durante o período em que se realizaram as 26 corridas.

Há 50 anos – No dia da qualificação do Grande Prémio de Aragón fará precisamente 50 anos que se realizou o Grande Prémio da Suécia, em 1961, no circuito de Kristianstad, com Mike Hailwood a vencer a corrida de 250cc com uma Honda. Foi o primeiro piloto a conquistar um Campeonato do Mundo a bordo de uma mota fabricada no Japão.

38 – A vitória de Jorge Lorenzo em Misano foi o seu 38º triunfo da carreira em Grandes Prémios. Essa vitória colocou-o no 11º lugar da lista de vencedores de Grandes Prémios, o mesmo lugar que é ocupado por John Surtees, que conquistou o título de 500cc por quatro vezes e o título de 250cc por três vezes.

18 – Harry Stafford irá celebrar o seu 18º aniversário na véspera dos treinos livres do Grande Prémio de Aragón.

24 – Valentino Rossi somou pontos em todas as 24 corridas que fez desde que regressou às pistas no Grande Prémio alemão do ano passado, depois de ter partido a perna no Grande Prémio de Itália.

17 – A vitória de Jorge Lorenzo em Misano foi o seu 17º triunfo da carreira em MotoGP. Ficou assim com apenas menos uma vitória na Classe Rainha do que o Campeão do Mundo das 500cc de 1987, Wayne Gardner.

8 – Em Misano, Casey Stoner partiu pela 8ª vez este ano da pole. Apenas dois pilotos conquistaram mais poles numa única época, ambos com nove: Valentino Rossi em 2003 e Casey Stoner em 2008.

6 – As corridas de Grande Prémio em Espanha já se realizaram em seis circuitos diferentes. Além de Aragón, os circuitos que foram utilizados em Espanha foram (o número de vezes é indicado entre parêntesis): Jerez (25), Catalunha (20), Jarama (19), Montjuich (17) e o circuito Ricardo Tormo, em Valência (12)

6 – A primeira vitória de Marc Marquez em Moto2 no Grande Prémio de França fez dele o mais jovem piloto de sempre a ganhar uma corrida de Grande Prémio da categoria intermédia. No dia da sua 6ª vitória na categoria de Moto2, no Grande Prémio de San Marino, tinha 18 anos e 199 dias. Ou seja, era três dias mais novo do que Dani Pedrosa, quando ele fixou o anterior recorde do mais jovem vencedor na categoria intermédia, na África do Sul, em 2004.

3 – O Grande Prémio San Marino – Rimini Riviera foi o terceiro Grande Prémio consecutivo realizado em Itália que teve três vencedores espanhóis: Misano 2011 (Lorenzo, Marquez, Terol), Mugello 2011 (Lorenzo, Marquez, Terol) e Misano 2010 (Pedrosa, Elias, Marquez).