O Karma da Fisker Automotive

O Karma da Fisker Automotive

O Karma da Fisker Automotive

Mostrado inicialmente no salão de Genebra, com foco principalmente no chassi que será produzido pela Valmet Automotive, na Finlândia, o Karma deverá estar em mercado europeu e norte-americano em meados do ano que vem.

De acordo com engenheiros da Fisker, seu chassi espacial em alumínio apresenta rigidez e resistência inéditas, pensadas exatamente para garantir características superiores de estabilidade e conforto. O chassi é em liga de alumínio das séries 5.000 e 6.000, possui inédita arquitetura quase totalmente extrudada, juntada por 79 metros de soldas MIG CMT e 1.058 rebites auto-penetrantes. Um túnel central estrutural aloja o pacote de baterias e age como um -tubo de torque- que conecta as seções dianteira e traseira do carro.

A Fisker diz que o resultado é um quadro que equilibra peso e tamanho e gera proteção contra impactos excepcionais. Esta última inclui uma -caixa de colisão- multi-células na dianteira.

“Nossas maiores prioridades ao desenhar o chassi espacial em alumínio foram obter rigidez torcional extremamente alta e que fosse facilmente modificada para aceitar outras variações de carroçaria”, explica Henrik Fisker, principal diretor executivo da Fisker Automotive. “Utilizamos os melhores carros do mundo como ‘benchmark”.

O trem de força híbrido do Karma, chamado W-DRIVE usa um motor/gerador ECOTEC de 2 litros, um pacote de baterias da A123 Systems, e um conjunto traseiro de motor de 403 hp. Com possibilidade de dois modos de direção e frenagem regenerativa, o Karma vai de zero a cem em menos de 6 segundos, a mais de 200 km/h e tem autonomia 100% elétrica de 80 km. O veículo básico custa US$ 87.900, e o conversível com capota dura modelo S deve chegar no ano que vem a um preço -significativamente mais alto-.


José Luiz Vieira, Diretor, engenheiro automotivo e jornalista. Foi editor do caderno de veículos do jornal O Estado de S. Paulo; dirigiu durante oito anos a revista Motor3, atuou como consultor de empresas como a Translor e Scania. É editor do site: www.techtalk.com.br e www.classiccars.com.br; diretor de redação da revista Carga & Transporte.