bloodhounds2

O Projeto Bloodhound – 1000 mph

Após o sucesso do primeiro teste do sistema de foguete do Blodhound SSC, a firma Carbon Neutral Investments, (CNI), foi anunciada como a única patrocinadora do grupo visando compensar todas as emissões do programa.

O Projeto Bloodhound é uma iniciativa educacional global focada numa tentativa de recorde de mil milhas por hora (1.609,34 km/h), buscando jovens a fazer carreiras em ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Sua peça central é o Boodhound SSC (Super Sonic Car), um automóvel de recordes de 133 mil hp de potência dotado de dois motores, um a jato e outro de foguete – mas um terceiro motor de apoio, um V8 de Fórmula 1.

O que ainda falta é um patrocínio de 15 milhões de libras esterlinas.
A organização por trás do Bloodhound vem mantendo o recorde de velocidade nos últimos 29 anos. Liderado pelo antigo recordista de velocidade terrestre Richard Noble (Thrust 2, 1018,7 km/h, em 1983) e pilotado pelo Comandante de Asa Andy Green, o Bloodhound envolve também aerodinamicistas, engenheiros automotivos e aeroespaciais, cientistas de foguetes e peritos em eletrônica, além de centenas de embaixadores voluntários que trabalham nas 5.300 escolas britânicas envolvidas com o projeto.

Richard Noble: “É uma velha ambição do grupo do Bloodhound fazer esta incrível aventura de engenharia e de um novo recorde de velocidade terrestre sem deixar marca alguma durável no meio ambiente. Com a NCI vamos acima e além desta ambição associando-nos a uma líder mundial especializada em compensação de carbono com experiência em aventuras de alta octanagem, fazendo com que o projeto seja neutro em carbono.”

Edward Carlton, chefe das operações da CNI no Reino Unido: “A CNI está orgulhosa de participar deste histórico evento muito ambientalmente cônscio, com grande foco na inovação e na educação, criando uma nova geração de cientistas e engenheiros que mostrarão o caminho para chegar a futuras eficiências tecnológicas. Estamos orgulhosos por termos sido selecionados para ser parte da viagem.”
A aventura está sendo seguida em 217 países, com mais de 150.000 visitantes a seu website a cada mês. Cada parte desta ‘aventura de engenharia’ está sendo compartilhada pelo mundo.

O recente teste do foguete não apenas gerou grande cobertura da mídia, inclusive nos maiores jornais dos Estados Unidos, Índia e China, além da Internet. A última vez em que um teste de foguete foi tornado público em seus primeiros estágios de desenvolvimento foi durante os primeiros anos do programa Apolo. O Bloodhound está sendo construído com companhias na Inglaterra e na Europa fazendo seus principais componentes.

Seu motor de foguete híbrido é um Falcon HTP, seu motor a jato é um turbofan (turboreator com ventilador) com pós-queimador Rolls-Royce Eurojet EJ200, e seu motor de Fórmula 1 é um Cosworth V8 CA2010
O Bloodhound mede 13,50 m de comprimento, 1,90 m de largura e pesa 6.422 kg abastecido.
Ele rodará no começo do verão europeu de 2013 numa série de testes em pistas aeronáuticas a velocidades de até 400 km/h, antes de ir para uma pista natural num lago seco chamado de Hakskeen Pan, no Cabo Norte, na África do Sul, onde uma estensão de 20 km de comprimento por 500 m de largura o espera em sua tentativa de chegar, ou ultrapassar, 1.600 km/h.