Oportunidade para evitar acidentes com motos

Oportunidade para evitar acidentes com motos

Oportunidade para evitar acidentes com motos

A qual distancia vocˆ acha que um motorista, dirigindo … noite em torno de 100 km/h, ir  enxergar um motociclista? Se vocˆ disse que ‚ na hora de bater na traseira, acertou! E por que bateu? Porque nÆo enxergou!

O assunto ‚ chato por‚m umas das coisas que causa surpresa ‚ a omissÆo insistente da ind£stria motociclistica no Brasil. Igualmente o descaso das autoridades brasileiras que deveriam fiscalizar e agir em beneficio do cidadÆo, no caso, de quem anda de moto.

Segundo o DENATRAN – Departamento Nacional de Trƒnsito, “a cada ano, o Brasil contabiliza 750 mil acidentes, 27 mil brasileiros mortos e mais de 400 mil com lesäes permanentes nas estradas e vias urbanas do pa¡s. O trƒnsito brasileiro corresponde a uma guerra do VietnÆ a cada dois anos (50 mil Mortos)”. NÆo h  uma estat¡stica precisa sobre o que representam as motos nesse universo, porem, sabemos que o ¡ndice ‚ alto.

Teoricamente, nem seria preciso chamar a aten‡Æo das fabricas e autoridades regulatorias porque uma lanterna traseira de moto ‚ algo tÆo obvio: est  l  para chamar a aten‡Æo de quem vem atr s! No entanto, por mais que a tecnologia, potencia e design tenha sido desenvolvidos criativamente, a lanterna permaneceu quase do mesmo tamanho, ou seja, pequena e pouco luminosa.

O mercado das motos vem crescendo cerca de 20% a cada ano, a frota do Pa¡s gira hoje em torno de 6 milhäes de motos, um numero significativo que vai para as ruas e estradas. Uma coisa ‚ certa: … noite ningu‚m enxerga uma moto … distancia, principalmente se estiver em velocidade.

O problema nÆo se resume s¢ ao tamanho das lanternas mas tamb‚m … sujeira e ao desgaste da lƒmpada, do pl stico da lanterna, do material reflexivo. Todos sabemos que ‚ imposs¡vel manter durante toda vida £til uma lanterna totalmente limpa, lƒmpadas novas, material reflexivo novo e luz de placa nova.

Assim, os propriet rios e amantes das motos, visando a seguran‡a nÆo s¢ dos motociclistas mas tamb‚m dos motoristas, deveriam criar um movimento obrigando as f bricas de motos a ampliarem as lanternas traseiras, de forma que a luminosidade se torne mais eficiente, diminuindo o n£mero de acidentes.

Como um exemplo, existe um equipamento opcional do tipo brake-light, fabricado nos Estados Unidos, onde ‚ poss¡vel perceber que e a possibilidade de ampliar a visÆo noturna ‚ muito grande.

Necessariamente nÆo ‚ preciso “roubar” a ideia mas j  pode ser um ponto de partida para a industria fabricante de motos come‡ar a se mexer.

Outro ponto seria tamb‚m o orgao fiscalizador de transito, no caso o DENATRAN, fazer pressao junto aos fabricantes ou importadores de motos de outros paises, … “tropicalizarem” as motos, isto ‚, o Brasil sairia na frente de outros paises na obrigatoriedade das motos serem vendidas com lanternas maiores e mais eficazes.

Nada mais justo com os motociclistas!


Edson Lobo, 56 anos, ‚ jornalista e profissional de Marketing e Comunica‡Æo. Motociclista h  quase 40 anos, tem vasta experiˆncia em viagens nacionais e internacionais e profunda admira‡Æo por quem anda e respeita as motos.