Foto: Swian Zanoni é um dos pilotos de destaque na categoria MX2

Organizadores acertam últimos detalhes para a etapa de Indaiatuba/SP

Foto: Swian Zanoni é um dos pilotos de destaque na categoria MX2

Foto: Swian Zanoni é um dos pilotos de destaque na categoria MX2

Mais de 500 pessoas estão diretamente ligadas ao evento. Só na organização, são 80 pessoas trabalhando no dia da prova.

Já está praticamente tudo pronto para a 6ª etapa da temporada 2008 do Arena Cross, que será realizada em Indaiatuba (SP), no próximo sábado, dia 9 de agosto. Os organizadores concluíram a montagem da parte estrutural, cujos trabalhos foram iniciados há 15 dias.

A construção da pista já esta concluída. Perto de 400 caminhões de terra estão sendo utilizados na montagem do circuito, que terá cerca de 400 metros. A pista do Arena Cross varia de etapa para etapa, buscando atender todos os gostos de pilotagem. Os obstáculos podem ser duplos, triplos, além do -top table- de chegada e da tradicional sessão de costelas. Uma equipe de 20 pessoas trabalha no local para que tudo fique pronto dentro do prazo previsto.

Mais de 500 pessoas estão diretamente ligadas ao evento. Só na organização, são 80 pessoas trabalhando no dia da prova. Entre pilotos e integrantes das equipes, vão desembarcar em Indaiatuba aproximadamente 380 pessoas. Para atender um público cada vez mais crescente, as arquibancadas ganharam mais 1500 lugares e terá agora capacidade para quase 8 mil pessoas. A estrutura do evento está sendo montada à rua dos Indaiás, s/n, paralela a Rodovia Santos Dumont.

O Arena Cross é considerado uma das principais categorias do motociclismo nacional e por isso reúne os melhores pilotos do País. As provas serão disputadas em cinco categorias: 50cc, para pilotos com idade entre 5 e 9 anos; 65cc, para competidores de 8 a 13 anos; 85cc, destinada a jovens com idade entre 12 e 15 anos; MX2, para motos de 125cc a 250cc (4 tempos) e; MX1, onde competem as grandes feras e as grandes máquinas, motos de 250cc a 450cc.

No dia da prova serão realizados os treinos livres e logo em seguida a classificação para a formação do gate de largada. Os treinos livres têm 15 minutos de duração para cada categoria e os classificatórios duram 10 minutos com todos os pilotos participando de uma só vez. O piloto que estabelecer o melhor tempo ganha um ponto extra na classificação da corrida. Já as provas têm 10 minutos de duração mais uma volta em uma única bateria para as categorias 50cc, 65cc e 85cc. Nas categorias MX1 e MX2 as provas têm 15 minutos de duração mais uma volta em bateria única.

Os convites para a prova ainda podem ser trocados por 2 kg de arroz na Prolink (Concessionária Honda) e Motomadia (concessionária Yamaha) e são válidos tanto para os treinos que começam às 13 horas, quanto para as provas, previstas para terem início às 19 horas.