Uma selecção de dados e estatísticas relevantes antes da 11ª Jornada do Campeonato que se disputa neste fim-de-semana em Brno.

Os números do Cardion ab Grande Prémio da República Checa

 

Uma selecção de dados e estatísticas relevantes antes da 11ª Jornada do Campeonato que se disputa neste fim-de-semana em Brno.

Uma selecção de dados e estatísticas relevantes antes da 11ª Jornada do Campeonato que se disputa neste fim-de-semana em Brno.

100 – No Grande Prémio da República Checa Yuki Takahashi fará a sua 100ª partida. Takahashi estreou-se nos GPs com 17 anos como wild card na classe de 125cc em Motegi, em 2011. Após mais algumas participações como wild card o nipónico tornou-se piloto GPs a tempo inteiro nas 250cc em 2005. Desde então, toda a sua carreira foi feita na categoria rainha, com excepção a 2009, ano em que efectuou meia época na classe de MotoGP.

66 – A vitória de Casey Stoner em Laguna Seca foi a 66ª da Honda desde a introdução das 4 tempos de MotoGP, em 2002. Trata-se apenas de mais um triunfo na categoria rainha que a rival Yamaha ao longo do mesmo período.

42 – Esta será a 42ª vez que um Grande Prémio é disputado em Brno. O primeiro GP em Brno teve lugar em 1965 no antigo traçado citadino que tinha um perímetro de 13,94 km. O circuito manteve-se essencialmente na mesma até 1975, ano em que foi encurtado para 10,92 km, traçado que foi utilizado até 1982. Depois dessa edição o circuito citadino foi considerado inseguro para corridas de Grandes Prémios. O actual traçado foi usado pela primeira vez em 1987 e recebeu o Campeonato do Mundo em todos os anos, com excepção a 1992. Originalmente o evento disputado em Brno dava pelo nome de Grande Prémio da Checoslováquia; em 1991, com a divisão do país deu-se a formação da República Checa.

37 – Três pilotos espanhóis, Jorge Martinez, Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa terminaram no mais alto do pódio de Grandes Prémios por 37 vezes. O único espanhol com mais triunfos em GPs que estes três é Angel Nieto, com 90 vitórias em seu nome.

32 – No primeiro dia de treinos do GP da República Checa passam exactamente 32 anos sobre a grande batalha de Kenny Roberts e Barry Sheene no GP de Inglaterra de 1979, em Silverstone. Apenas 0,03s separaram os dois pilotos no final da corrida; um dos finais mais renhidos de todos os tempos na categoria rainha.

26 – Mattia Pasini celebra o 26º aniversário no dia da qualificação do Grande Prémio da República Checa.

24 – Esta será a 24ª vez que o actual circuito recebe um Grande Prémio.

18 – Jonas Folger celebra o 18º aniversário no dia da qualificação do Grande Prémio da República Checa.

8 anos – O recorde de melhor volta de Brno, de Lucio Cecchinello nas 125cc, foi assinado em 2003 e ainda não foi batido. Este é o recorde com maior longevidade nas três categorias do actual calendário de Grandes Prémios.

5 – Desde a introdução das 4 tempos de MotoGP em 2002, a Yamaha é a marca mais bem sucedida em Brno com cinco vitórias, seguindo-se a Honda e Ducati com dois triunfos cada.

5 – A vitória de Casey Stoner em Laguna Seca foi a quinta da época para o australiano. Este é o maior número de triunfos de MotoGP por parte de um piloto Honda numa só época desde que Valentino Rossi levou de vencida nove corridas da categoria rainha na temporada de 2003 com a marca.

5 – O checo Jakub Kornfeil terminou o GP caseiro do ano passado em quinto – o seu melhor resultado em Grandes Prémios e o melhor por parte de um piloto da casa em Brno em qualquer classe desde 2007.

1 – Só por uma vez houve um piloto checo no pódio no actual traçado de Brno: Lukas Pesek, com o terceiro lugar conquistado aos comandos de uma Derbi na corrida de 125cc de 2007.

1 – Dos actuais circuitos apenas um foi palco de mais Grandes Prémios que Brno: Assen, que faz parte do calendário desde o início do Campeonato do Mundo em 1949 e nunca falhou um ano.

0 – O número de vitórias da Honda em Brno durante a era das 800cc de MotoGP. A vitória de Sete Gibernau em 2004 foi a última da Honda no MotoGP em Brno.