Raios que se partem

Os raios que se partem

Engraçado como são as coisas. A Yamaha fez uma chamada de recall de substituição da roda traseira da Crosser por problemas no cubo  (leia aqui). Assim que soube (9/2), fui até a concessionária para confirmar se minha moto estava incluída na chamada. Surpresa! Ninguém na oficina da concessionária sabia ainda sobre o recall. “Não recebemos qualquer informação sobre isso” foi a resposta.

Raios que se partem

Raios que se partem

Então  fui olhar o site da montadora e nada havia lá sobre o assunto. A esta altura eu já havia lido na Imprensa sobre o assunto. Um dia depois minha moto teve um raio quebrado na roda traseira. Fui até a concessionária novamente e, nova surpresa, me orientaram a deixar a moto lá por uma semana. “Este é o prazo mínimo de chegada das peças”, me disseram.

Aí eu, do alto da minha ignorância de consumidor comum, me pergunto: Como é que a Yamaha dispara uma campanha nacional de recall sem antes ter enviando peças e as devidas orientações para suas concessionárias? E mais, como a imprensa informou primeiro que o site oficial da marca? Eu já tinha visto essa chamada em outro veículo de comunicação dois dias antes.

Fiquei com a moto de “molho” até as peças chegarem, até porque é uma questão muito séria de segurança andar com a moto com raios se rompendo. Para alguém comum que usa a moto como veículo de transporte para o trabalho, o prejuízo é certo. Finalmente no dia 18/2/2015 foi feita a troca completa da roda e ontem (23/2) uma pessoa da Yamaha do SAC da Yamaha (Erick) entrou em contato comigo e se colocou à disposição para qualquer eventual dúvida no futuro.

Nota da Redação: Motonline recebeu o questionamento do Patriarca no dia 11/2 e imediatamente enviou-o à Yamaha que, através de sua assessoria de imprensa ofereceu a seguinte explicação sobre o ocorrido com o consumidor:

“A Yamaha Motor do Brasil informa que prestou toda assistência ao cliente e que realizou o recall no dia 18/02/2015. A empresa afirma, ainda, que a informação sobre o recall encontra-se devidamente veiculada no site da fabricante. Para quaisquer esclarecimentos, a Yamaha coloca-se a inteira disposição de seus clientes por meio da rede de Concessionárias Yamaha e do SAC, telefone: 0800-774 3738”.