Panadés tem dificuldades mas mantém bom ritmo

Panadés tem dificuldades mas mantém bom ritmo

Panadés tem dificuldades mas mantém bom ritmo

O piloto Leandro Panad‚s enfrentou dificuldades com panes e treinamento na abertura do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, ontem em Interlagos, terminou em oitavo e sexto nas duas baterias mas ficou satisfeito com seu ritmo na prova.

“Andei sempre junto aos primeiros”, destacou o piloto, que projeta melhores resultados na pr¢xima atapa, em Santa Cruz do Sul.

Panad‚s teve problemas de freio na primeira bateria, o que prejudicou seu rendimento. Na segunda bateria o piloto largou mal e teve de fazer uma prova de recupera‡Æo. O sexto lugar foi considerado um van‡o nessas condi‡äes.

Nas duas baterias ele sentiu que a prova foi mais para marcar ritmo, fazer ajustes da moto e se preparar para novas etapas.

“Essa etapa foi um verdadeiro laborat¢rio. Tive problemas de suspensÆo, senti que faltou um pouco de treino e tudo isso deve s er superado para a pr¢xima etapa”, explicou.

O piloto, que leva o patroc¡nio da Shift e da KBC, utiliza o capacete KBC VR2 e macacÆo Shift SR1. Panad‚s disputa a categoria Superbike com uma Suzuki 1000cc.