Paranaenses lutam em casa pela liderança do Brasileiro de Motocross

Jean Ramos (MX2) e Eduardo Rudnick (85cc) buscam pontos importantes na quarta etapa do campeonato em Foz do Iguaçu neste final de semana; A ausência fica por conta de Leandro Silva na MX1

Os paranaenses Jean Ramos e Eduardo Rudnick lutam em casa para conquistar a liderança do Campeonato Brasileiro de Motocross. Neste final de semana, os dois aceleram pela equipe Honda na quarta etapa da competição em Foz do Iguaçu (PR). Jean, de Curit iba, e Rudnick, de Pien – cidade localizada a 98 quilômetros da capital – são os vice-líderes das categorias MX2 e 85cc, respectivamente. Com excelentes resultados nas últimas provas, eles esperam contar com o apoio da torcida paranaense para passar à frente e ocupar a ponta.

As provas, que têm como palco a Praia Três Lagoas, serão divididas em dois dias (veja a programação completa abaixo). A grande ausência fica por conta do curitibano Leandro Silva, que machucou o pulso na corrida da MX1 durante a terceira etapa, realizada no mês passado em Canoas (RS). O piloto entrou na pista como líder isolado da principal classe, mas como não completou a prova caiu para terceiro na classificação geral, atrás de Wellington Garcia e João Paulino “Marronzinho”.

Atual campeão latino-americano da MX2, Jean Ramos foi o vencedor das duas últimas etapas do Bras ileiro na categoria e irá fazer de tudo para manter a boa fase e ultrapassar na classificação o companheiro de equipe, Wellington Garcia, atual líder. O curitibano soma 65 pontos, cinco a menos que Wellington. Para ele, esta será uma grande oportunidade para tirar a diferença. “Estou muito motivado. Venho de duas vitórias consecutivas e tenho certeza de que no Paraná o público vai torcer pelos pilotos do Estado. Este apoio nos ajuda bastante”, lembrou.

Para ele, cada etapa é uma chance a mais para alcançar o objetivo de ocupar o primeiro lugar. “Motocross só é decidido na última volta e minha expectativa é fazer uma boa prova, voltar a vencer e alcançar a liderança para seguir bem até o final do campeonato”, completou Jean.

85cc – Já o piloto de Pien Eduardo Rudnick tem uma diferença de 12 pontos para tirar do primeiro colocad o, Andrews Armstrong, que também é paranaense. Com 57 pontos, Rudnick também tem investido pesado na preparação para se sair melhor que nas últimas etapas. “Vamos ver se agora dá tudo certo. É a primeira vez que vamos correr em Foz do Iguaçu. A categoria tem sido bem disputada e estou treinando para vencer.”

No sábado serão definidas quatro categorias e no domingo, mais quatro (veja programação abaixo). A programação tem início às 10h com os treinos e as disputas estão marcadas para as 14h.

Os ingressos podem ser comprados nas concessionárias Honda de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha do Itaipu, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Matelândia e Missal. Os valores para os dois dias será de R$ 10, havendo bilhetes avulsos para sábado (R$ 5 cada) e para domingo (no local, por R$10). Haverá também venda de credenciais de box, que custarão R$ 20 para os dois dias.

*Programação – 4ª etapa Brasileiro de Motocross – Foz do Iguaçu (PR)
Sábado – 13/06
8h – Treinos livres
10h40 – Treinos cronometrados
13h30 – Abertura oficial
A partir das 14h – Provas (MXJr, 65cc, MX3 e 50cc)

Domingo – 14/06
7h – Treinos Livres
10h30 – Treinos cronometrados
A partir das 14h30 – Provas (MX2, CRF230, 85cc e MX1)

* a programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.