Pedágio, Promot 3 e lampadas quentes

Pedágio, Promot 3 e lampadas quentes

Pedágio, Promot 3 e lampadas quentes

Pediagio – Olá pessoal do motonline. Sou leitor faz uns anos e gosto muito do site, estão de parabéns. Gostaria de saber mais informações sobre a lei sancionada que autoriza a cobrança de pedágio nas praças do estado de São Paulo. Não sou contra a cobrança, desde de que seja feita de maneira justa e coerente. Eles alegam que a cobrança é necessária devido ao número de acidentes que ocorre com motos na rodovias, mas não é para isso que pagamos um DPVAT 3 vezes mais caro que dos carros? Júlio Rocha (25), Campinas, SP
– Julio nós que agradecemos, o reconhecimento como o seu, nos faz trabalhar mais pelo motociclismo. Quanto a sua pergunta, não se trata de uma nova lei, mas a revogação do Decreto 9812/1977 que isenta as motocicletas do pagamento de pedágio nas rodovias estaduais, que deve ocorrer após as eleições municipais. Já no Estado do Paraná foi sancionado em 12/12/2007 a Lei Estadual 15.722/07 que isenta motocicletas do pagamento de pedágios.
grande abraço e lembre-se: ande equipado. André Garcia

Promot 3
A GS 500E já esta adequada a Promot 3, ou poderemos ter o lançamento de um GS com injeção eletronica? Sou fã do site, obrigado e abraço. Paulo Correa (42) Araras, SP
– A Suzuki GS 500 E utiliza dois carburadores MIKUNI BST33SS e é refrigerada a ar. A adaptação de uma injeção eletrônica nesse tipo de motor requer a utilização de sensores e processadores especiais não encontrados regularmente no mercado. Acho muito pouco provável a produção dessa moto com injeção eletrônica.

Lampadas quente
Adquiri as lampadas Crystal Vision da Philips para instalar em um Super Ténéré 1997. Estas lampadas aquecem mais que as amarelas, que em minha moto são ainda as originais de fabrica? Podem trazer algum dano a estrutura do farol ou ao sistema elétrico? Por favor. Ricardo Baraldi Melhado (45 +ou-), São Paulo, SP
– Ricardo,
A lâmpada que você se refere tem as mesmas dimensões que a original? Se tiver não tem problema. O bloco óptico de seu farol tem o centro focal dimensionado para as medidas originais da lâmpada. É preciso corresponder à essas dimensões. No mais, atente à potencia nominal que não deve ser muito superior, sob pena de sobrecarregar o sistema elétrico. A original deve ser da ordem de 35/35Watts, não vá acima de 50/50Watts. Verifique também se seu sistema não está oferecendo resistência demasiada na fiação original, se estiver coloque
dois relês para aumentar a corrente nas lâmpadas.