Phantom Ray

Phantom Ray

Phantom Ray

A Boeing conseguiu um marco importante no desenvolvimento de sua aeronave autônoma (UAV) de precisão chamada Phantom Ray. O veículo tem uma história de oito anos de desenvolvimento e testes, até que no dia 18 de setembro completou seus testes de rolagem a baixas velocidades no aeroporto Lambert, em St. Louis, no Missouri.

Ele é construído sobre o projeto desativado X-45, que entre 2002 e 2005 fez 64 vôos, demonstrando pela primeira vez a precisão de um sistema de combate autônomo e o primeiro vôo autônomo de múltiplos veículos sob o controle de um só piloto. Ele é hoje baseado no X-45C, do tamanho de um avião de caça convencional, maior do que o X-45.

Craig Brown, gerente do programa Phantom Ray para a Boeing, disse que “ele se comunicou com o centro de controle terrestre, recebeu suas ordens e passou pela pista múltiplas vezes, permitindo-nos verificar seu desempenho e monitorar seus avançados sistemas de bordo.”

O novo UAV irá agora para a Edwards Air Force Base na Califórnia, montado nas costas de um 747 Shuttle Carrier (transportador carregador). Lá, passará por testes de rolamento de alta velocidade, antes de finalmente decolar em seu primeiro vôo. Seu período de vôos deverá ser de seis meses.

O Phantom Ray é projetado para missões múltiplas, de inteligência, vigilância, reconhecimento, supressão de defesas aéreas inimigas, ataque eletrônico, bombardeio e reabastecimento aéreo autônomo.


José Luiz Vieira, Diretor, engenheiro automotivo e jornalista. Foi editor do caderno de veículos do jornal O Estado de S. Paulo; dirigiu durante oito anos a revista Motor3, atuou como consultor de empresas como a Translor e Scania. É editor do site: www.techtalk.com.br e www.classiccars.com.br; diretor de redação da revista Carga & Transporte.