hondamxparque_lp_180512-10

Pilotos brasileiros relaxam antes da disputa da etapa do Mundial

Pilotos Honda que disputam etapa brasileira do Mundial de MX relaxam no Parque Beto Carrero

Pilotos Honda que disputam etapa brasileira do Mundial de MX relaxam no Parque Beto Carrero

Os pilotos brasileiros fazem uma pausa nas disputas das competições estaduais e nacionais, e concentram as energias no Honda GP Brasil de Motocross em Penha (SC), no Beto Carrero World, que recebe neste fim de semana, 19 e 20 de maio, a quinta etapa do Campeonato Mundial de Motocross. Com vários competidores vindos de fora do país, entre eles o pentacampeão Antonio Cairoli, os competidores nacionais aproveitam a oportunidade para aprender e trocar experiências.

“É o desafio mais importante da temporada. O nível de exigência é bem maior em relação aos demais campeonatos. Temos que estar mais concentrados e levar tudo como um grande aprendizado”, afirma Thales Vilardi, piloto da Equipe Honda Mobil da categoria MX2.

Na disputa da MX1, o piloto da equipe Honda Wellington Garcia volta a correr o Mundial de Motocross pouco mais de um ano após sofrer acidente durante a primeira etapa da competição, realizada na Bulgária, e passar mais de um mês internado no leste europeu. “Estou em um processo de superação. O primeiro passo foi a volta às pistas, depois o retorno as vitórias, como foi em Chapecó. Tenho superado todos estes desafios que me foram colocados. Em Penha não será diferente. Quero fazer uma corrida racional, sem correr riscos, e representar o Brasil da melhor forma”, destaca.

Recuperado de lesões, Jorge Balbi Júnior está empolgado em competir com os estrangeiros, fato que segundo o próprio piloto ajuda a melhorar sua pilotagem. “É muito importante este intercâmbio, pois é uma forma de nós (pilotos brasileiros) elevarmos nosso nível. Particularmente, me sinto melhor disputando com eles, pois precisamos andar na mesma velocidade e é uma motivação a mais”, comenta o mineiro da equipe Pro Tork 2B Kawasaki Racing, que tentará melhorar o 10º lugar obtido em 2009, em Canelinha (SC), na classificação geral da MX1.

A quinta etapa do Mundial de Motocross é uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, FIM, Youthstream, Beto Carrero World e XYZ Live. O Honda GP Brasil de Motocross tem patrocínio Honda, Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, e Fundesporte. Co-patrocínio Mobil, Yamaha e Pirelli, apoio da Confederação Brasileira de Motociclismo, revista da Moto! e Dirt Action.