Foto: Chileno Carlo De Gavardo.

Pilotos de motos estrangeiros participam do Rally dos Sertões em busca de pontos para o Mundial

Foto: Chileno Carlo De Gavardo.

Foto: Chileno Carlo De Gavardo.

A 14¦ edi‡Æo do Rally Internacional dos Sertäes, al‚m de contar com a participa‡Æo dos pilotos nacionais de ponta, tamb‚m ter  representantes de outros pa¡ses, que virÆo em busca de pontos para o Campeonato Mundial de Cross Country, do qual o Sertäes faz parte desde 2005, para a categoria motos.

Entre os favoritos estÆo os franceses Cyril Despres e David Casteu, que estrearÆo na prova, al‚m do chileno Carlo De Gavardo, que vir  para sua quarta participa‡Æo no Sertäes e primeira no Mundial deste ano. A largada do maior rali da Am‚rica Latina e um dos maiores do mundo em n£mero de participantes ser  dia 27 de julho, em Goiƒnia (GO), com chegada em Porto Seguro (BA), no dia 4 de agosto.

NÆo ‚ de hoje que os estrangeiros desembarcam no pa¡s para desbravar o sertÆo brasileiro. Em diversas edi‡äes, pilotos portugueses, alemÆes, japoneses, chilenos, espanh¢is, entre outros, j  enfrentaram as dificuldades das nossas trilhas. Para esta edi‡Æo, j  estÆo inscritos trˆs chilenos (De Gavardo, Francisco Lopez e Jaime Prohens Prohens), um franco-australiano (Christopher Barriere-Varju), trˆs franceses (Cyril Despres, David Casteu e Laurent Lazard) e um polonˆs (Jacek Czachor).

Despres e Casteu sÆo companheiros de equipe, defendem a KTM-Gauloises, e ambos disputam o Campeonato Mundial de Rally Cross Country e o Rally dos Sertäes tem uma grande importƒncia na busca pelo t¡tulo, uma vez que vale como quarta etapa do Mundial. Eles ocupam o 7§ e o 1§ lugares na categoria Open, respectivamente. J  De Gavardo, da KTM-Repsol, devido a um acidente em que fraturou o bra‡o direito no in¡cio do ano, nÆo participou das trˆs primeiras etapas da disputa e estrear  no Mundial aqui no Rally dos Sertäes.

“Estes £ltimos meses foram de muito trabalho, tanto f¡sico quanto psicol¢gico. Depois do acidente, comecei a treinar consciente de que a primeira prova que disputaria no Mundial seria o Sertäes. Por isso, quero me sair bem neste rali, que ser  muito prazeroso e complexo, com muitas trilhas novas e pilotos de alto n¡vel, que estÆo brigando por pontos para o Campeonato Mundial, como ‚ o caso do Cyril Despres e do David Casteu. Sei que a luta por tempos come‡ar  j  na primeira especial e vai durar por todas as nove etapas.  preciso estar muito concentrado, pois o rali ‚ dif¡cil, com terrenos muito diferentes dos que estamos acostumados a enfrentar na µfrica. Espero que saia tudo bem e que seja uma grande festa do rali, para mostrarmos para o mundo que a Am‚rica tem excelentes lugares para provas de cross country”, disse De Gavardo, que participou do Sertäes em 1998, 1999, 2000 e 2005, ano em que terminou em segundo lugar.

Agora a preocupa‡Æo do chileno De Gavardo ‚ o Dakar 2007. Como prepara‡Æo para a prova, ele vai participar de importantes ralis como o Sertäes, para treinar, al‚m de ter o desejo de conquistar pela primeira vez o t¡tulo da prova brasileira. Outro fator importante ‚ o desenvolvimento da sua nova KTM de rali, que ter  um chassi mais leve, partes do motor mais confi veis al‚m de um novo desenho.

Para os franceses Despres e Casteu, o Rally dos Sertäes ser  novidade. Ambos tˆm credenciais de sobra para fazer uma boa prova. Despres venceu o rali Dakar em 2005 e ficou com o vice-campeonato na edi‡Æo 2006. Este ex-mecƒnico de motos, de 31 anos, participou do Dakar pela primeira vez em 2000, junto com um amigo. Seu desempenho foi ¢timo para um iniciante, ficou em 16§ na geral e em segundo na categoria. J  no ano seguinte correu como piloto oficial da BMW. Em 2004 mudou para a KTM.

O atual l¡der do Mundial, David Casteu, na categoria Open, tamb‚m correr  no Sertäes pela primeira vez. O piloto que sempre correu entre os amadores e continua se considerando um, apesar de ter apoio oficial de f brica, fez dobradinha com Despres em 2005 no Dakar, terminando em segundo lugar e ficou em oitavo em 2006.

Outro destaque ‚ o chileno Francisco “Chaleco” L¢pez. Com apenas 29 anos, Chaleco, como ‚ conhecido em seu pa¡s, tem 15 anos de experiˆncia em cima de uma moto. J  ganhou diversos t¡tulos nacionais e sul-americanos em provas de motocross e enduro. Em ralis, o piloto ainda ‚ novato, mas j  mostrou que vai dar trabalho. Em mar‡o, ficou em terceiro lugar na abertura do Mundial de Cross Country, foi terceiro tamb‚m no Rally da Sardenha e primeiro na categoria 450cc no Rally do Marrocos, quinto na geral.

Esta nÆo ser  a primeira vez que Chaleco L¢pez competir  no Brasil. O piloto participou do Sertäes do ano passado, mas nÆo terminou a prova e tamb‚m esteve por aqui em 2003, para o Six Days, prova s¢ para motos, realizada em Fortaleza (CE). Considerado pelos chilenos como o sucessor de Carlo De Gavardo, Chaleco lidera a categoria 450cc do Mundial, seguido pelo francˆs Laurent Lazard, que tamb‚m participar  do Rally dos Sertäes. Lazard ‚ franco-uruguaio, ‚ piloto de rali desde 1998, e antes se aventurou em provas de motocross e de enduro. Tamb‚m corre de KTM e neste ano fez seu primeiro Dakar, ficando em 32§ na geral e quarto na categoria Marathon Open.

Outro estrangeiro ‚ o polonˆs Jacek Czachor, de 43 anos, que est  em quarto lugar na categoria 450cc no Mundial. Czachor ‚ tetracampeÆo polonˆs de enduro (1989-92). Esta tamb‚m ser  sua primeira participa‡Æo no Rally dos Sertäes. Mais um chileno completa o time de estrangeiro inscritos at‚ agora para a 14¦ edi‡Æo da prova.  Jaime Prohens Prohens, que em 2005 competiu no Sertäes e terminou em 25§ na geral e em segundo na Marathon.

Tamb‚m do Chile, teremos a participa‡Æo de Andr‚s Tamm, que correu o Sertäes 2005 e da Fran‡a, Ludovic Boinnard, que participar  do rali pela quarta vez consecutiva, estar  na equipe ASW Racing, a mesma que receber  Gavardo. Boinnard j  foi profissional de enduro na Fran‡a e seu melhor resultado no Sertäes foi o quarto lugar na geral em 2005.

A categoria Motos ‚ subdividida em nove: Brasil at‚ 450cc, Brasil Aberta, Marathon at‚ 450cc, Marathon Aberta, Production at‚ 450cc, Production Aberta, Super Production at‚ 450cc, Super Produdiction Aberta e Quadriciclos.

Nesta edi‡Æo, mais uma exigˆncia do regulamento da FIM (Federa‡Æo Internacional de Motociclismo) foi incorporada: o uso obrigat¢rio do Sentinel, aparelho que ser  instalado em todos os ve¡culos e ser  utilizado na hora de fazer as ultrapassagens. O competidor que vem atr s aciona o aparelho e o que est  na frente recebe um sinal luminoso e sonoro, e assim fica ciente de que tem algu‚m querendo passar. Al‚m do Sentinel, os ve¡culos tamb‚m devem ser equipados com GPS, GPS Spy (introduzido no ano passado) e r dio HT/PY.

As inscri‡äes para o Rally Internacional dos Sertäes foram prorrogadas at‚ dia 14 de julho. O valor para a categoria Motos ‚ R$ 4.710 … vista. Neste ano, a prova ter  um total de 3.878 quil“metros e passar  pelos estados de Goi s, Tocantins, MaranhÆo, Piau¡, Minas Gerais e Bahia.