O Moto 1000 GP contará com a categoria de 600 cc

Pilotos do Moto 1000 GP destacam categoria GP 600

O Moto 1000 GP 2012 contará com a categoria de 600 cc

O Moto 1000 GP 2012 contará com a categoria de 600 cc

A segunda temporada do Moto 1000 GP apresentou a pilotos e público algumas novidades em relação à edição de estreia, realizada em 2011. Entre as inovações, ganha destaque a implantação da categoria GP 600, anunciada na semana da primeira etapa, que reuniu 84 pilotos de dez estados brasileiros no dia 17 de junho em São Paulo. A abertura de uma disputa própria para os pilotos que competem com motocicletas de 600 cilindradas foi aplaudida.

As categorias de base e intermediárias estavam nos planos do Moto 1000 GP para 2013. “É importante abrirmos espaço para os pilotos com menos experiência tenham uma condição adequada de aprendizado, com motos um pouco menos potentes. Numa categoria intermediária, como é o caso da GP 600, eles aproveitam bem melhor o processo de evolução para, a partir disso, poderem buscar as categorias de 1000 cilindradas”, considera Gilson Scudeler, diretor do Moto 1000 GP.

A partir da etapa de Curitiba, o Moto 1000 GP terá mais um título em disputa, neste caso para pilotos com idade mínima de 48 anos. Trata-se da GP Master, que nas sete etapas restantes para o fim do campeonato vai compor o grid da GP 1000, principal categoria do Moto 1000 GP, com pontuação distinta.