Carlos Campano venceu as duas baterias da principal categoria do Arena Cross em Jundiaí

Pilotos estrangeiros dominam primeira etapa do Arena Cross 2013

Depois de muita espera, foi dada a largada do Arena Cross 2013. A 15ª edição do Arena Cross começou com disputas acirradas dentro da pista, arquibancadas lotadas e um show do público em Jundiaí (SP), cidade que pela primeira vez recebeu a competição. Um trio de estrangeiros dominou as principais categorias.

Carlos Campano venceu as duas baterias da principal categoria do Arena Cross em Jundiaí

Carlos Campano venceu as duas baterias da principal categoria do Arena Cross em Jundiaí

A começar pelo espanhol Carlos Campano, que venceu as duas baterias na Pró, o português Paulo Alberto que levou a melhor na MX2 e o norte-americano Ramyller Alves que conquistou a vitória na Júnior.

A abertura do Arena Cross também contou com a participação de categorias infantis. Na 50cc, o gaúcho Gabriel Andrico não deu chances aos adversários e venceu.

Mesma situação de Renan dos Santos na 65cc, que ficou com a vitória. Além das disputas na pista, a primeira etapa da competição marcou o início de uma nova era no motociclismo nacional. Transmitida ao vivo em HD pelos canais SporTV e Bandsports, além do site BRMTV, as provas foram exibidas pela TV Band Internacional. Brasileiros e fãs da modalidade residentes nos EUA, Angola, Moçambique, Paraguai, Argentina, Venezuela, Uruguai e Japão puderam acompanhar o evento ao vivo.

Agora,  Arena Cross dá uma pausa e retorna no dia 8 de junho na segunda etapa da competição que será em São José do Rio Preto (SP).

Veja os resultados:

1ª bateria Pró – holeshot (chegou primeiro à primeira curva) do paranaense Jean Ramos. Carlos Campano foi o vencedor da prova, seguido de Wellington Garcia em segundo e Adam Chatfield, completando o pódio na 3ª colocação.

2ª bateria Pró – holeshot de Wellington Garcia. Carlos Campano venceu de novo, seguido de Joaquim Rodrigues e Adam Chatfield em terceiro.

MX2 – O português Paulo Alberto assumiu a dianteira logo após a primeira curva e não largou mais. Hector Assunção ficou em 2º e Endrews Armstrong em 3º.

Júnior – holeshot de Enzo Lopes, mas com vitória de  Ramyller Alves. Vitor Almeida ficou em segundo, seguido de Enzo Lopes que completou o pódio.

65cc – após uma corrida acirrada, com troca de posições a todo instante, quedas e emoção até o fim, a prova foi vencida por Renan dos Santos. João da Silva ficou com a segunda posição, seguido de Leonardo Nunes.

50cc – Vencida de ponta a ponta pelo piloto Gabriel Andrico, seguido de  Diogo Nascimento, em 2º e Marcello Silva, em terceiro, completando o pódio.

Leia mais sobre o Arena Cross:  clique aqui