Pilotos Honda chegam à Califórnia para etapa de Laguna Seca

Pilotos Honda chegam à Califórnia para etapa de Laguna Seca

Pilotos Honda chegam à Califórnia para etapa de Laguna Seca

O circuito de Laguna Seca, nos Estados Unidos, recebe neste final de semana (04 e 05) o Campeonato Mundial de MotoGP. A oitava etapa será uma grande chance para os pilotos Honda alcançarem posições ainda melhores na competição. O italiano Andrea Dovizioso, atual quarto colocado, quer avançar ainda mais na classificação. O piloto é seguido de perto pelo companheiro da equipe Repsol Honda, Dani Pedrosa.

Dovizioso soma 69 pontos, enquanto Pedrosa possui 67. Valentino Rossi se mantém na liderança com 131 pontos, seguido por Jorge Lorenzo e Casey Stoner.

O curto intervalo de tempo entre a sétima etapa em Assen e Laguna Seca dá tanto a Dovizioso quanto a Pedrosa, uma chance rápida de recuperação.

O italiano teve grandes chances de subir ao pódio nas últimas fases. “Estou realmente ansioso para a corrida em Laguna Seca. A pista e toda a atmosfera do lugar promovem uma fascinante experiência. No ano passado, corri pela primeira vez nos Estados Unidos e fiquei impressionado com esta pista. Ela tem um padrão um pouco diferente do europeu. Estou confiante de que poderemos fazer uma boa corrida. Fiz muitos quartos lugares este ano e espero dar um passo à frente. Em cada etapa estamos nos aproximando dos principais pilotos, mas ainda não é o suficiente. Então, temos que trabalhar duro para obter a velocidade e a consistência que precisamos.”

Pedrosa mostrou uma melhora significativa nas últimas etapas. Após um início promissor que foi interrompido por lesões, o espanhol tem lutado para recuperar o preparo físico. “Estou me sentindo confiante como em Assen. S enti a moto muito melhor do que em Barcelona. Laguna Seca é uma pista única e pode ser muito divertida. Temos de continuar a trabalhar duro. Estamos fazendo progressos e com sorte, Laguna poderá nos aproximar do resultado esperado.”

A Honda também entra forte na disputa com Randy de Puniet (10º colocado), Alex de Angelis (12º), Toni Elias (14º) e Gabor Talmacsi.