Pilotos Honda garantem o primeiro tempo entre as motos e quadriciclos

José Helio conquistou o primeiro lugar na categoria motos e Robert Naji Nahas foi o mais rápido entre os quadriciclos

São Paulo (SP) – A equipe patrocinada pela Honda conquistou um excelente resultado no segundo dia de provas do Rally Internacional dos Sertões. Nesta quinta-feira (19), José Helio foi o mais rápido entre as motos, deixando para trás os fortes adversários vindos do exterior, e Robert Naji Nahas garantiu a vitória nos quadriciclos. A alegria só não foi maior porque o terceiro integrante, Ricardo Mendes Purri, teve problemas com seu quadriciclo e terminou em quarto lugar. Os pilotos percorreram o trecho entre as cidades de Rio Verde e Aruanã. Nesta sexta-feira, seguem no percurso entre Aruanã e Niquelândia, todas cidades goianas.

José Hélio, que havia feito uma prova tranquila na primeira etapa, mostrou que está pronto para dar trabalho aos experientes pilotos estrangeiros. O brasileiro, tricamp eão e vencedor da competição em 2007, disse, ao final da etapa, que a partir de hoje, o rali começou para valer, referindo-se à tranquilidade da primeria fase. –Foi um percurso bastante travado e diversificado. Continha pedras, areia, muito calor e travessia de rios–, contou.

O desempenho de Robert Naji Nahas agradou o piloto que se mostra cada vez mais confiante. –Fiz uma prova tranquila, redonda e sem erros de navegação. Tomei cuidado com a poeira e com as curvas de nível, que sempre causam risco de capotamento–, resumiu.

Já Ricardo Mendes Purri não conseguiu o desempenho esperado, mas mostrou seu poder de superação. –Para mim, o dia foi o pior possível. Larguei para a especial e minha planilha de rolagem quebrou. Tive de fazer todo o percurso manualmente. Além disso, depois de uns 150 quilômetros, uma pedra bateu no eixo do meu quadriciclo e a corrente ficou escapando a cada 10 quilômetros. Quando isso acontece, não consigo frear, portanto, tive de seguir parando em todo o percurso. Isso me cansou muito. Mas, fiz de tudo para não abandonar. Foi uma prova de superação. Mesmo assim, estou muito animado para seguir em frente–, confessou o mineiro que acabou com o quarto lugar.