Balbi manteve a liderança na MX1

Pilotos Pro Tork sobem ao pódio na segunda etapa do Brasileiro de Motocross

Balbi manteve a liderança na MX1

Balbi manteve a liderança na MX1

Carlos Barbosa (RS) – Belas disputas marcaram a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, realizada neste fim de semana, dias 7 e 8, em Carlos Barbosa (RS). A Pro Tork 2B Kawasaki Racing garantiu bons resultados e segue na liderança das categorias MX1, com Antônio Jorge Balbi Júnior, e MX4, com Milton “Chumbinho” Becker.

Chumbinho não deu chance aos adversários na MX4. O catarinense largou na ponta e abriu vantagem, bastando administrar a posição até ser o primeiro a receber a bandeira quadriculada. O piloto ainda foi quarto colocado na classe MX3, fazendo companhia no pódio ao colega de equipe Davis Guimarães, que terminou na terceira posição.

“O público me motivou bastante, adoro correr nesta cidade. Fiquei contente com o meu desempenho, mas ainda espero crescer na briga da MX3”, disse Chumbinho. “Estou fazendo provas consistentes, pensando no campeonato de uma forma geral. Mais cedo ou mais tarde a vitória vai aparecer, estou trabalhando para manter o título”, afirmou Davis.

Balbi conquistou a quarta posição na categoria MX1 após uma prova bastante acirrada. Já na MX2, o mineiro não conseguiu completar a corrida. Jorginho brigava pela liderança quando caiu. Em seu retorno, enroscou-se em um bumping e teve problemas com a motocicleta, sendo obrigado a abandonar a pista.

“Não sou de dar desculpas, a verdade é que eu não me encontrei na moto. Na MX2 eu estava rápido e confiante, mas acabei caindo, uma faixa engatou na minha roda traseira e eu fiquei sem freio. Na MX1 eu sabia que não estava tão rápido e procurei fazer uma boa largada. Não posso dar mole, vou trabalhar para me recuperar”, justificou.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross será realizada nos dias 11 e 12 de junho, em Canelinha (SC).

Confira os resultados: MX3
1 – MARCOS CAMPOS CORDEIRO
2 – MASSOUD NASSAR NETO
3 – DAVIS GUIMARÃES
4 – MILTON BECKER
5 – DOUGLAS SCARTAZZINI PARISE

230cc
1 – FABIANO NESTOR DOS SANTOS
2 – LEONARDO LIZOTT
3 – ISMAEL DA COSTA ROJAS
4 – RICHARD BRUNO REZENDE NUNES
5 – NIVALDO JOSE VIANA

MX2
1 – EDUARDO FERREIRA LIMA
2 – MARCELLO FERREIRA DE LIMA
3 – JEAN CARLO RAMOS
4 – HECTOR FREITAS ASSUNÇAO
5 – JOÃO PAULO FELTZ
9 – CARLOS EDUARDO FRANCO
MX4
1 – MILTON BECKER
2 – MARLON OLSEN
3 – JULIO CEZAR BONIFACIO XAVIER
4 – MARCELO ALAN AGOSTINI
5 – LEOPOLDO CHEROBIN

MX1
1 – LEANDRO NUNES DA SILVA
2 – HECTOR FREITAS ASSUNÇAO
3 – JOÃO “MARRONZINHO” JUNIOR
4 – ANTÔNIO JORGE BALBI JUNIOR
5 – MARCELLO FERREIRA DE LIMA

Classificação do campeonato após duas etapas:MX4
1 – MILTON BECKER – 52 pontos
2 – MARLON OLSEN – 42
3 – JULIO CEZAR BONIFACIO XAVIER – 42
4 – MARCELO ALAN AGOSTINI – 36
5 – MARCO ANTONIO PAZ – 29

MX2
1 – DUDU LIMA – 45
2 – MARCELLO FERREIRA DE LIMA – 38
3 – HECTOR FREITAS ASSUNÇAO – 32
4 – JOÃO PAULO FELTZ – 27
5 – THALES VILARDI FELIX DA SILVA – 27
6 – ANTONIO JORGE BALBI JUNIOR – 26
8 – CARLOS EDUARDO FRANCO – 21

MX3
1 – MASSOUD NASSAR NETO – 44
2 – MARCOS CAMPOS CORDEIRO – 42
3 – DOUGLAS SCARTAZZINI PARISE – 41
4 – DAVIS GUIMARÃES – 40
5 – MILTON BECKER – 34

MX1
1 – ANTONIO JORGE BALBI JUNIOR – 44
2 – EDUARDO FERREIRA LIMA – 35
3 – MARCELLO FERREIRA DE LIMA – 34
4 – DOUGLAS SCARTAZZINI PARISE – 27

5 – LEANDRO NUNES DA SILVA – 25

230cc
1 – FABIANO NESTOR DOS SANTOS – 47
2 – RICHARD BRUNO REZENDE NUNES – 43
3 – LEONARDO LIZOTT – 37
4 – ISMAEL DA COSTA ROJAS – 36
5 – MARCOS ROBERTO ROZA DE MORAES – 33
6 – NIVALDO VIANA – 30