Foto: Pipo Castro, que reassumiu a lideran‡a do Arena Cross

Pipo Castro é o novo líder do Arena Cross

Foto: Pipo Castro, que reassumiu a lideran‡a do Arena Cross

Foto: Pipo Castro, que reassumiu a lideran‡a do Arena Cross

Christopher “Pipo” Castro avisou logo na sexta-feira: disputaria a s‚tima etapa do Arena Cross, em Botucatu, de olho no campeonato.

Dito e feito. Com dois segundos lugares nas duas baterias realizadas ontem no interior paulista, o piloto da Pro Tork reassumiu a lideran‡a na tabela, agora com 187 pontos, contra 183 de Leandro Silva e 169 de Roosevelt Assun‡Æo, seus rivais diretos. Ambos nÆo tiveram a mesma regularidade de Pipo em Botucatu.

“Na primeira bateria eu larguei mal e precisei fazer uma corrida de recupera‡Æo, mas sem correr riscos que pudessem colocar o campeonato em risco”, disse Pipo. “Quando assumi a segunda posi‡Æo, senti que o resultado, por tudo o que ocorreu, era bom. A £ltima bateria foi mais tranqila. Larguei bem e andei em segundo boa parte do tempo. Chegu ei a assumir a lideran‡a, mas fui ultrapassado logo depois.”

Os trˆs primeiros na bateria inicial foram Roosevelt Assun‡Æo, Pipo Castro e Massoud Nassar. Na segunda, o trio foi formado por Leandro Silva, Pipo Castro e Jean Carlos Ramos.

A oitava etapa do Arena Cross ser  em RibeirÆo Preto no dia 8 de setembro, com a realiza‡Æo de mais duas baterias. “Tem tudo para ser um campeonato equilibrado at‚ o fim”, completou Pipo.

Domingo vitorioso – Os outros dois pilotos Pro Tork que correram neste final de semana ganharam suas etapas. CampeÆo brasileiro por antecipa‡Æo na MX3, Milton Becker, o Chumbinho, venceu a quarta prova da temporada 2007 do Catarinense de Motocross. O verbo “vencer”, na verdade, ‚ insuficiente para descrever sua participa‡Æo em Chapec¢. Ele arr asou a concorrˆncia ao terminar as dez voltas com nada menos que 1min39s582 de vantagem para o segundo colocado, Edson da Silva. Vice-l¡der, Chumbinho agora est  s¢ oito pontos atr s de Edson no campeonato.

Rafael Faria, que competiu em Apia¡ (a 350 quil“metros de SÆo Paulo) no Sul-Paulista de Motcross, ganhou as baterias disputadas na MX2 e na For‡a Livre Especial. “Larguei em terceiro na MX2, mas assumi a lideran‡a logo na segunda volta. Na For‡a Livre, estava em primeiro logo no come‡o. Foram duas provas boas”, definiu.